Secretário-geral da ONU quer organizar cúpula sobre a Amazônia

Secretário-geral das Nações Unidas a possibilidade de organizar uma reunião específica

Queimadas na AmazôniaQueimadas na Amazônia - Foto: Joao Laet / AFP

O secretário-geral das Nações Unidas, Antonio Guterres, levantou nesta quinta-feira a possibilidade de organizar à margem da da Assembleia Geral da ONU em setembro uma reunião específica ao lado sobre a situação na Amazônia, onde os incêndios se multiplicam. "A situação na Amazônia é obviamente muito séria", disse Guterres em declarações à imprensa à margem de uma conferência sobre o desenvolvimento da África, organizada em Yokohama (Japão).

Mais de 1.040 incêndios foram detectados na terça-feira no Brasil pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). No total, houve cerca de 80.000 incêndios desde o início do ano, metade deles na floresta amazônica, o que representa o número mais alto desde 2013.

"Pedimos veementemente que os recursos sejam alocados e contatamos os países para ver se poderia haver uma reunião dedicada à ajuda à Amazônia durante a Assembleia Geral", que será realizada de 20 a 23 de setembro em Nova York, disse Guterres.

Leia também:
Bolsonaro assina decreto que proíbe queimadas no país por 60 dias
Governo registra diminuição de focos de incêndio na Amazônia
Presidentes sul-americanos discutirão preservação da Amazônia

Na terça-feira, o Brasil mostrou-se aberto para a aceitar ajuda externa para combater incêndios na floresta amazônica com a condição de administrar esses fundos, tendo rejeitado o auxílio oferecido pelos países do G7 na segunda-feira. O presidente brasileiro Jair Bolsonaro assinou um decreto na quarta-feira proibindo queimadas em todo o Brasil por 60 dias, em reação à pressão internacional.

"Eu acho que a comunidade internacional deve se mobilizar fortemente para apoiar os países da Amazônia com o objetivo de acabar com os incêndios o mais rápido possível e com todos os meios possíveis, e então executar uma política completa de reflorestamento", acrescentou o secretário-geral das Nações Unidas.

Veja também

Barroso manda governo proteger três terras indígenas da Covid-19 e diz que "situação é gravíssima"
Coronavírus

Barroso manda governo proteger três terras indígenas da Covid-19 e diz que "situação é gravíssima"

OAB define que metade dos cargos de direção da ordem deverá ser ocupada por mulheres
Equidade

OAB define que metade dos cargos de direção da ordem deverá ser ocupada por mulheres