Síria: mais de 250 mil pessoas são deslocadas por ofensiva da Turquia

Segundo o Observatório Sírio para os Direitos Humanos, mais de 70 civis morreram e mais de 250 mil pessoas abandonaram suas casas.

Ataque dos turcos aos curdos na Síria continuamAtaque dos turcos aos curdos na Síria continuam - Foto: BULENT KILIC / AFP

Um grupo humanitário informou que milhares de pessoas abandonaram suas casas no norte da Síria, desde que a Turquia iniciou a ofensiva contra combatentes curdos, há uma semana. Segundo o Observatório Sírio para os Direitos Humanos, com sede no Reino Unido, mais de 70 civis morreram e mais de 250 mil pessoas abandonaram suas casas.

Na quarta-feira passada, tropas turcas entraram no norte da Síria e assumiram o controle de cidades e vilas fronteiriças. De acordo com a Turquia, o objetivo da operação é eliminar terroristas.

Leia também:
Irã denuncia reforço militar americano no Oriente Médio
Colombianos assumem temor de eventual conflito entre Duque e Maduro

Forças curdas, por sua vez, vinham trabalhando com militares dos Estados Unidos em uma campanha contra militantes do grupo Estado Islâmico, antes que o presidente americano Donald Trump ordenasse a retirada de tropas de seu país do norte da Síria.

Combatentes curdos chegaram a um acordo com o governo do presidente sírio Bashar al-Assad para conter a ofensiva turca. Tropas sírias foram posicionadas em cidades no norte do país. Os Estados Unidos e nações europeias exigem uma suspensão imediata da ofensiva da Turquia. Contudo, o presidente turco Recep Tayyip Erdogan se recusa a voltar atrás.

Veja também

Entre arrependidos, jovens e latinos, Biden pode conquistar o Arizona
EUA

Entre arrependidos, jovens e latinos, Biden pode conquistar o Arizona

Rússia espera registro da Sputnik V no Brasil em dezembro e produção em janeiro
Covid-19

Rússia espera registro da Sputnik V no Brasil em dezembro e produção em janeiro