Sobe para cinco o número de casos suspeitos de coronavírus em Pernambuco

Todos os pacientes estão internados no HUOC, no Recife

Hospital Oswaldo Cruz, no RecifeHospital Oswaldo Cruz, no Recife - Foto: Ed Machado/Folha de Pernambuco

Aumentou o número de casos suspeitos do novo coronavírus em Pernambuco. A Secretaria de Saúde do Estado (SES) informou, no início da noite desta quinta-feira (27), no Recife, que agora investiga cinco casos. Todos os pacientes estão internados no Hospital Universitário Oswaldo Cruz (HUOC), em Santo Amaro, região central da capital pernambucana e referência em caso de infecção.

De acordo com a SES-PE, todos tiveram passagem pela Itália, país com transmissão local da doença, nos últimos 14 dias antes do início dos sintomas (febre acompanhada de algum sintoma respiratório). A expectativa é que hoje saiam os resultados dos testes realizados pelo Instituto Evandro Chagas (IEC), no Pará, para confirmar ou descartar Covid-19 nos dois primeiros pacientes internados no Huoc. Ontem foram enviados para o Lacen-PE e para o IEC as testagens das três novas pessoas monitoradas pela Secretaria Estadual de Saúde.

Leia também:
Pernambuco investiga três casos suspeitos do coronavírus
Arquidiocese em Pernambuco emite orientações às paróquias para prevenir contra o novo coronavírus
Casos de suspeita de coronavírus no Brasil sobem para 132

Essas três novas suspeitas são de uma mulher de 34 anos, que chegou em Pernambuco no dia 17 deste mês e apresentou febre, tosse, dor de garganta e cefaleia. Além dela, outros dois homens estão sendo monitorados. Um de 32 anos retornou ao Estado na última segunda-feira (24) e um de 37 anos está em Recife desde o dia 20 de fevereiro.

Entre os sintomas apresentados por eles estão febre, dor de garganta, coriza, tosse e dificuldade para respirar. "Os três de uma forma geral seguem muito bem", disse o médico infectologista e chefe do setor de Infectologia do Huoc, Demetrius Montenegro.
Ainda segundo o especialista, as outras três pessoas inicialmente monitoradas pela SES tiveram melhora no quadro clínico e estão apenas aguardando os resultados do IEC para serem liberadas. Trata-se de uma mulher de 51 anos, residente em Caruaru, que chegou ao Estado na última terça-feira (25), um homem de 24 anos, que mora na Itália e chegou em Pernambuco no dia 14 de fevereiro para passar férias, e um homem de 41 anos, que retornou ao Recife no dia 12 de fevereiro, mas já teve testagem positiva para Influenza B.

O secretário de Saúde do Estado, André Longo, disse que hoje vai reunir o comitê de emergência para coordenar os esforços de acompanhamento da situação. Ela informou que ainda não recebeu da Anvisa a quantidade e os dados das pessoas que chegaram da Itália nos últimos 15 dias no Estado. "Temos acompanhado todos os casos de possíveis contatos desses casos suspeitos para que a gente possa estar atento caso haja confirmação da doença em Pernambuco", disse. Sobre a decisão do Ministério da Saúde em antecipar a vacinação contra gripe, André Longo foi cauteloso. “Seria ótimo antecipar, mas é um desafio imenso. Precisamos que os insumos cheguem a tempo para que a gente possa operacionalizar a distribuição das vacinas”.

Paraíba
De acordo com a assessoria de imprensa da Secretaria de Estado da Saúde da Paraíba (SES-PB), o homem de 59 anos, morador de João Pessoa que desembarcou da Itália no Recife, segue internado no Hospital Clementino Fraga. "Os familiares que tiveram contato com este paciente estão sendo monitorados e orientados a permanecerem em suas residências, 'em quarentena' por 14 dias", diz a nota.

Veja também

Pelo menos 16 mortos no Japão devido às chuvas torrenciais
Mundo

Pelo menos 16 mortos no Japão devido às chuvas torrenciais

Brasil registra 1.091 mortes pela Covid-19 nas últimas 24h
Coronavírus

Brasil registra 1.091 mortes pela Covid-19 nas últimas 24h