Terremoto de magnitude 6,4 atinge sul da Califórnia

O tremor atingiu o estado nesta quinta-feira (4); sua profundidade foi estimada em 8,7 quilômetros

Tremor foi registrado em Ridgecrest, no Deserto do Mojave, a cerca de 160 quilômetros de Los Angeles, a uma profundidade de 8 km Tremor foi registrado em Ridgecrest, no Deserto do Mojave, a cerca de 160 quilômetros de Los Angeles, a uma profundidade de 8 km  - Foto: Reprodução/ Serviço Geológico dos Estados Uni

Um terremoto de magnitude 6,4, considerado forte e capaz de causar danos graves, atingiu nesta quinta-feira (4) o sul da Califórnia, informou o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS, na sigla em inglês).

O corpo de bombeiros do condado de Kern publicou em uma rede social que está atendendo a "quase duas dezenas de incidentes que vão de assistência médica a incêndios ao redor de Ridgecrest", cidade a cerca de 175 quilômetros a nordeste de Los Angeles.​

A prefeita de Ridgecrest, Peggy Breedon, disse à rede de notícias CNN que objetos caíram de prédios, atingindo pessoas. Ela também mencionou incêndios e linhas de gás quebradas. As primeiras informações disponíveis não mencionam vítimas. "Estamos acostumados a terremotos, mas não dessa dimensão", disse. O governo da cidade pediu aos moradores que ofereçam ajuda uns aos outros, especialmente a idosos, grande parte das 27,6 mil pessoas que formam a população local.

Leia também:
2018: Incêndio na Califórnia, garotos da Tailândia e submarino da Argentina
Líder da igreja 'A Luz do Mundo' é detido na Califórnia por pedofilia


A área sofreu diversos terremotos no passado, incluindo uma série de cerca de 2.500 tremores ao longo de cinco semanas no verão de 1995. O USGS informou que o terremoto, cujo epicentro foi localizado no Vale Searles, uma região desértica e remota, foi relatado inicialmente como de magnitude 6,6.

O tremor ocorreu por volta das 13h30 em uma área à beira do Parque Nacional do Vale da Morte e foi percebido em Los Angeles, ao norte de Fresno e até o leste de Las Vegas. Também foi sentido ao sul da fronteira no México, onde edifícios foram evacuados nas cidades de Tijuana e Mexicali, segundo autoridades do Estado de Baja.

A sismologista do USGS Lucy Jones disse à CNN que a área deve ser sacudida por outros tremores nos próximos dias -há a possibilidade de a região ser atingida por um grande terremoto.

O sismo desta quinta-feira é o maior do sul da Califórnia desde o terremoto de magnitude 6,6 em Northridge, em 1994, que ocorreu em uma área densamente povoada de Los Angeles e causou bilhões de dólares em danos. A Califórnia é o estado mais populoso dos Estados Unidos.

Veja também

Estudantes nos EUA organizam 'festas Covid', onde quem se infecta, ganha
Coronavírus

Estudantes nos EUA organizam 'festas Covid'

Pequim suspende maioria das restrições de deslocamentos após surto de Covid-19
Coronavírus

Pequim suspende maioria das restrições de deslocamentos após surto de Covid-19