Três adolescentes são assassinados em São José da Coroa Grande

Informações preliminares dão conta que o alvo seria um dos jovens, que teria envolvimento com tráfico de drogas

São José da Coroa Grande São José da Coroa Grande  - Foto: Reprodução/Facebook

Três adolescentes foram mortos na manhã da última quinta-feira (15), no bairro de Nova Jagatá, em São José da Coroa Grande, na Mata Sul de Pernambuco. De acordo com a Polícia Civil de Pernambuco, informações preliminares dão conta que o alvo seria um dos jovens, que teria envolvimento com tráfico de drogas.

Os corpos foram encontrados na frente da casa de um deles, José Anderson da Silva, de 17 anos. A outra vítima, Éverton da Silva, 16, estava na companhia de José Anderson e também foi uma das vítimas. O nome da terceira vítima, um adolescente de 17 anos, ainda não foi divulgado.

Leia também:
Criança morre eletrocutada em portão de residência, em São José da Coroa Grande
Triplo homicídio é registrado em bar de Bodocó


O trio estava conversando na calçada quando um carro preto chegou e disparou vários tiros de armas ponto 40 e calibre 380. O delegado Manuel Martins, da delegacia de São José assumirá o caso.

O pai de José Anderson, José Amaro da Silva, de 44 anos, informou que o jovem foi criado com a avó desde a infância e por isso não tinha muito contato com ele. "Todo mundo me informava que ele estava bem. De repente aconteceu isso. O que eu sei dizer é que ele estava sentado na porta de casa quando chegou o rapaz. Então, a avó dele chamou para dentro de casa, não sei se era para jantar, só que ela chamou os três para dentro. Os outros dois entraram e ele disse que já estava indo. Nesse tempo, passaram uns camaradas em um carro preto e atiraram", relatou.

"Morreram todos, quem devia e quem não devia. Eu sei que os três são inocentes, a culpa era do outro que estava lá conversando com eles. Nunca ouvi dizer que ele era uma pessoa errada. Todo mundo fala bem dele lá na cidade", completou o pai.

Os corpos foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) e serão enterrados no cemitério de São José entre 15h e 16h desta sexta-feira (16). Os corpos de José Anderson e de Éverton já foram liberados para a cerimônia fúnebre.

Veja também

Barroso manda governo proteger três terras indígenas da Covid-19 e diz que "situação é gravíssima"
Coronavírus

Barroso manda governo proteger três terras indígenas da Covid-19 e diz que "situação é gravíssima"

OAB define que metade dos cargos de direção da ordem deverá ser ocupada por mulheres
Equidade

OAB define que metade dos cargos de direção da ordem deverá ser ocupada por mulheres