Trump testa negativo para coronavírus, diz Casa Branca

Presidente foi submetido a exame após contato com delegação brasileira

O marco sombrio foi alcançado em meio às ponderações do presidente Donald Trump sobre quando o país, que anotou mais de meio milhão de infecções, pode começar a ver um retorno à normalidade.O marco sombrio foi alcançado em meio às ponderações do presidente Donald Trump sobre quando o país, que anotou mais de meio milhão de infecções, pode começar a ver um retorno à normalidade. - Foto: Saul Loeb/AFP

O médico oficial da Casa Branca, Sean Conley, afirmou na noite deste sábado (14) que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de 73 anos, testou negativo para o novo coronavírus.

“Recebi esta noite a confirmação de que o teste de Trump deu negativo”, anunciou o médico do presidente. “Uma semana após jantar com a delegação brasileira em Mar-a-Lago, o presidente continua sem apresentar sintomas”, acrescentou.

Leia também:
Trump declara emergência nacional nos Estados Unidos por causa do coronavírus
Trump diz que teste de coronavírus será realizado em larga escala


O líder norte-americano foi submetido a exame após ter mantido contato com integrantes da delegação brasileira, incluindo o presidente Jair Bolsonaro, que esteve na Flórida há uma semana. O secretário especial de Comunicação Social da Presidência, Fábio Wajngarten, foi diagnosticado com o Covid-19. Ele chegou a publicar fotos ao lado de Trump.

Isolamento
O presidente Jair Bolsonaro também testou negativo para o coronavírus, segundo ele próprio anunciou em suas redes sociais, na uíltima sexta-feira (13).

Bolsonaro permanece o fim de semana no Palácio da Alvorada, residência oficial, sem compromissos oficiais. Ele seguirá sendo monitorado pelos médicos e deverá reduzir a exposição pública nos próximos dias.

Veja também

Camaragibe inicia vacinação para idosos acima de 85 anos
Coronavírus

Camaragibe inicia vacinação para idosos acima de 85 anos

Reino Unido é o primeiro país europeu a superar marca de 100 mil mortes por Covid-19
Coronavírus

Reino Unido é o primeiro país europeu a superar marca de 100 mil mortes por Covid-19