Vale admite possibilidade de vítimas em rompimento de barragem em MG

Segundo o comunicado da mineradora, parte da comunidade da Vila Ferteco também foi atingida

Três anos após acidente em Mariana, mais uma barragem da Vale do Rio Doce rompeu na manhã desta sexta-feira (25)Três anos após acidente em Mariana, mais uma barragem da Vale do Rio Doce rompeu na manhã desta sexta-feira (25) - Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação

A mineradora Vale do Rio Doce divulgou nova nota sobre o rompimento da barragem que aconteceu nesta sexta-feira (25) em Brumadinho. A empresa admitiu a possibilidade de vítimas no episódio. "Havia empregados na área administrativa, que foi atingida pelos rejeitos, indicando a possibilidade, ainda não confirmada, de vítimas". Até o momento, nenhum órgão público confirmou mortes no local.

Segundo o comunicado da mineradora, parte da comunidade da Vila Ferteco também foi atingida. O grupo não explicou ainda as causas do acidente. A nota confirmou que o Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil seguem no local realizando o resgate das pessoas.

Leia também: 
A cidade está um 'pandemônio', relata moradora de Brumadinho 
Defesa Civil Nacional vai a Brumadinho avaliar situação após rompimento de barragem


Mais cedo, a Vale havia divulgado outra nota. “As primeiras informações indicam que os rejeitos atingiram a área administrativa da companhia e parte da comunidade da Vila Ferteco. Ainda não há confirmação se há feridos no local. A Vale acionou o Corpo de Bombeiros e ativou o seu Plano de Atendimento a Emergências para Barragens”, informou a empresa.

Veja também

Novo ciclone deixa um morto no RS e mais de 300 casas danificadas
Brasil

Novo ciclone deixa um morto no RS e mais de 300 casas danificadas

Bolsonaro veta obrigação de governo fornecer água potável, higiene e leitos hospitalares a indígenas
Geral

Bolsonaro veta obrigação de governo fornecer água potável, higiene e leitos hospitalares a indígenas