Você não engorda entre o Natal e o Réveillon do mesmo ano, mas do Réveillon para o Natal

Na ceia, tenha cautela com os gratinados, são mais calóricos e se você tem histórico de gordura no fígado a cautela deve ser redobrada.

Rafael Coelho,  e-mail: contato@rafaelcoelho.med.br | Instagram: @rafaelcoelhomed | Facebook: /rafaelcoelho |Rafael Coelho, e-mail: [email protected] | Instagram: @rafaelcoelhomed | Facebook: /rafaelcoelho | - Foto: divulgação

Olá, leitores e internautas que acompanham a coluna Saúde e Bem-Estar

Na ceia de Natal e durante todo o ano, o preparo do alimento é muito importante para conservar os nutrientes, vitaminas e sais minerais. Os legumes e verduras, de preferência, consumir in natura. Carnes (de boi, ave ou porco) deverão ser cozidas, preferindo os assados e grelhados em relação aos fritados. Tenha cautela com os gratinados, são mais calóricos e se você tem histórico de gordura no fígado a cautela deve ser redobrada.

Batata inglesa, arroz, queijo do reino, apresuntados, maionese, refrigerantes são ricos em calorias, portanto, devem ser consumidor moderadamente. Preferira alimentos com baixo teor de sódio e gorduras saturadas. As ervas e especiarias como manjericão, orégano, noz-moscada, açafrão podem substituir o sal em algumas receitas. Para temperar saladas a mistura com azeite e limão é uma boa pedida, uma receitinha simples, mas, muito importante para a saúde.

Amigos, engordar, aumentar o colesterol, adquirir gordura no fígado (esteatose), são processos contínuos. Em uma noite de ceia de Natal, a pessoa não vai adquirir essas mazelas. Equilíbrio e prudência são importantes. Passou dos limites? Volte ao foco no outro dia. Você não engorda entre o Natal e o Réveillon do mesmo ano. Mas do Réveillon para o Natal. Pense em você, tenha autocuidado.

Infelizmente, parece até chatice de médico algumas recomendações, porém é um alerta para você curtir o dia após a ceia de Natal sem desconforto intestinal, infecção. Quando eu atendia em plantão de hospital, era muito triste ver pessoas que passavam o dia 25 de dezembro com a família na emergência por problemas com o excesso de comidas e misturas de alimentos.

Quero destacar uma receita bem tropical com uma fruta de época e que gosto muito:

Salada de manga e peru

300 g de peito de peru cortado em cubos (é o peru mesmo, não as fatias embutidas)
300 g de queijo branco em cubinhos;
2 mangas sem casca cortadas em pedaços pequenos;
1 alface americana;
4 colheres de sopa de iogurte natural desnatado
sal a gosto;
vinagre de maçã a gosto.

Em uma vasilha, coloque todos os ingredientes picados. Tempere com o iogurte, sal e o vinagre de maçã a gosto. Leve para gelar e sirva em seguida.

Você pode substituir o peito de peru por uma ave de sua preferência.

A manga contém uma série de fitoquímicos e nutrientes e é uma rica fonte de carboidratos e fibras. Antioxidantes e vitaminas, tais como Vitamina A, vitamina B, Vitamina C, Vitamina E e Vitamina K. A manga também é uma boa fonte de vários minerais como Cálcio, Zinco, Potássio, Ferro e Magnésio.

100g de manga contém, em média, 72 calorias.

Cuide-se, divirta-se e curta o natal com bem-estar ao lado da família e amigos.

Feliz Natal

Busque sempre a sua melhor versão. Siga-me nas redes sociais e fique sempre atualizado com informações sobre saúde e bem-estar. Obrigado e até o próximo encontro

Rafael Coelho (CRM: 23943/PE) é médico. Pautas para Jademilson Silva – Jornalista - DRT: 3468 E-mail: [email protected]

Pílulas

Doença de pele


Pele e doenças psicossomáticas – a dermatologista Rosana Chagas, da Real Derma, informa para a coluna Saúde e Bem-estar, que existem doenças de pele e podem apresentar relação com o psicológico. Dentre elas, as mais comuns são a psoríase, caracterizada por lesões em forma de placas vermelhas que descamam, a dermatite seborreica, conhecida por uma forte coceira descamativa no couro cabeludo e a acne, podendo ser localizada ou espalhada pelo rosto. “O tratamento de psicodermatoses é feito através de medicamentos específicos, receitados por um médico, de aplicação tópica e/ou por vira oral, vai depender muito do diagnóstico e histórico do paciente”, explica a especialista. A ligação entre emoções-epiderme passa pelos sistemas endócrino e nervoso. Portanto, controle o estresse neste final de ano.

Palavra do Especialista

Cirurgiã vascular fala sobre o tratamento na estação de calor

Com a chegada da temporada mais quente do ano, o desejo é usar shorts, saias e bermudas. Mas, o que fazer quando as varizes incomodam? Além da dor nas pernas, inchaço e sensação de peso que elas causam, existe também o desconforto estético. Segundo a Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular (SBACV)-RJ há um aumento aproximado de 20 a 30% no número de queixas dos sintomas das varizes durante o verão. Com a temperatura alta, há uma maior dilatação das veias das pernas agravando os desconfortos e até o lado estético. A exposição ao sol deve ser evitada após o tratamento, já que este deixa manchas roxas, temporárias, que não devem ser bronzeadas. Para aliviar os incômodos das varizes existem medicamentos seguros e eficazes. Para tratar os vasos e varizes recorremos ao laser, espuma, e outros tratamentos mais modernos, como o ClaCS, combinação de Crio Laser e Crio Escleroterapia. No caso de varizes maiores, a cirurgia se torna inevitável.

Como prevenir as varizes?

Flávia Souza Fonseca é cirurgiã vascular

Flávia Souza Fonseca é cirurgiã vascular - Foto: Vinícius Ramos/divulgação


Falta de atividades físicas regulares e obesidade podem contribuir para o surgimento de varizes além do fator genético. Controlar o peso, manter uma alimentação balanceada e se exercitar um pouco também são maneiras de preveni-las.

 

Flávia Souza Fonseca CRM é: 13724/RQE10693 é cirurgiã vascular. @flaviasouzafonsecavascular

 

Veja também

Rotina de voluntária da vacina de Oxford inclui 'medir picada' e preencher diário

Rotina de voluntária da vacina de Oxford inclui 'medir picada' e preencher diário

Trem descarrila no nordeste da Escócia e há feridos graves
Mundo

Trem descarrila no nordeste da Escócia e há feridos graves