'Acabou matéria no Jornal Nacional', diz Bolsonaro sobre atraso em dados da Covid-19

Desde quarta-feira (3), o Ministério vem divulgando os dados às 22h, em uma estratégia para evitar a divulgação do boletim do dia nos telejornais noturnos

Presidente Jair BolsonaroPresidente Jair Bolsonaro - Foto: Reprodução/CNN Brasil

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou que "acabou matéria no Jornal Nacional" ao ser questionado sobre a mudança no horário de divulgação dos números da pandemia de Covid-19 no Brasil pelo Ministério da Saúde. O mandatário foi questionado por jornalistas nesta sexta-feira (5), em frente ao Palácio da Alvorada, em Brasília.

Desde quarta-feira (3), o Ministério vem divulgando os dados às 22h. No primeiro dia do novo horário, meia hora após o fim do telejornal da TV Globo, a pasta alegou "problemas técnicos". O expediente se repetiu na quinta-feira (4) e deve ser consolidado. Nos dois dias, o País quebrou recordes de mortes. 

Leia também:
Pela terceira vez, Brasil quebra recorde de mortes pela Covid-19
Brasil pode ter prioridade no uso da vacina de Oxford contra Covid-19


Em seguida, Bolsonaro acrescentou: "É para pegar o dado mais consolidado. E tem que divulgar os mortos no dia. Ontem, por exemplo, dois terços dos mortos eram de dias anteriores. Tem que divulgar o do dia", disse o presidente.

Desde que o Ministério da Saúde alterou o horário, o Jornal Nacional passou a usar dados somados das Secretarias Estaduais de Saúde, que, inclusive, costumam ser maiores que os do Governo Federal.

O boletim do novo coronavírus no Brasil era divulgado às 17h na gestão do então ministro Luiz Henrique Mandetta. Coletivas de imprensa diárias eram realizadas após a saída dos dados. Quando Nelson Teich assumiu o ministério os dados começaram a ser mostrados por volta das 19h e as entrevistas deixaram de ocorrer todos os dias.

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

Veja também

Vigilância Sanitária interdita restaurante oriental na Boa Vista
Fiscalização

Vigilância Sanitária interdita restaurante oriental na Boa Vista

Fernando de Noronha identifica mais três casos da Covid-19
Coronavírus

Fernando de Noronha identifica mais três casos da Covid-19