Bolsonaro escolhe Sérgio Banhos ministro do TSE

Ele atuará na corte nas eleições municipais de 2020

Tribunal Superior Eleitoral (TSE)Tribunal Superior Eleitoral (TSE) - Foto: José Cruz/Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro decidiu nomear Sérgio Silveira Banhos ministro do Tribunal Superior Eleitoral na vaga que será deixada por Admar Gonzaga.

Com isso, Bolsonaro frustra indicação da presidente da corte, a ministra Rosa Weber, que apostou em Grace Mendonça para o posto. Grace foi advogada-geral da União na gestão de Michel Temer.

Leia também:
'Carlos tem liberdade para expor suas ideias', defende Bolsonaro
STF está sob ataque e sofre momento de descrédito, afirma Barroso
Presidente do BB atende Bolsonaro, demite diretor e tira do ar comercial com jovens descolados

Banhos, o escolhido de Bolsonaro, é juiz substituto da corte. Sua indicação tinha a simpatia do presidente do Supremo, ministro Dias Toffoli, e de Admar Gonzaga, que está de saída do TSE.

Ele atuará na corte nas eleições municipais de 2020.

Veja também

Declaração de Bia Doria sobre moradores de rua atrai pedidos por sua saída do Fundo Social de SP
são paulo

Declaração de Bia Doria sobre moradores de rua atrai pedidos por sua saída do Fundo Social de SP

Atendimento jurídico presencial volta a funcionar em Olinda
RMR

Atendimento jurídico presencial volta a funcionar em Olinda