Decisão cabe ao Congresso Nacional, diz Doria sobre impeachment de Bolsonaro

O tucano afirmou ainda que tudo indica que Bolsonaro está atrapalhando o combate ao coronavírus

Governador de SP, João DóriaGovernador de SP, João Dória - Foto: Divulgação / Gov. de São Paulo

Em guerra com o presidente Jair Bolsonaro, o governador João Doria (PSDB) afirmou que não é uma decisão dele se é necessário impeachment do ex-militar.

"Essa é uma decisão do Congresso Nacional. Não é uma decisão de governadores nem minha", disse, ao ser questionado pela reportagem.

O tucano afirmou ainda que tudo indica que Bolsonaro está atrapalhando o combate ao coronavírus. "De acordo com pesquisas do Instituto Datafolha, tudo indica que sim".

Leia também:
Em reunião tensa, Doria cobra equilíbrio, e Bolsonaro pede que tucano saia do palanque
Exame de Doria dá negativo para coronavírus


Durante a coletiva, Doria afirmou que a fala do presidente na terça (24) foi desastrosa. "Lamento que ele prefira escutar o gabinete do ódio do que o gabinete do bom senso", disse Doria.

O tucano também pediu para Bolsonaro respeitar as pessoas com mais de 60 anos, as principais vítimas do coronavírus.

Doria ainda citou irmã Dulce, pedindo solidariedade e amor ao próximo.

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

Veja também

Prefeitura de Goiana reúne ações de combate ao coronavírus
Balanço

Prefeitura de Goiana reúne ações de combate ao coronavírus

Brasil ultrapassa 1,5 milhão de casos da Covid-19 e mais de 63 mil mortos pela doença
Coronavírus

Brasil ultrapassa 1,5 milhão de casos da Covid-19 e mais de 63 mil mortos pela doença