Discurso mais denso de Lula deve se dar no Congresso do PT

"Não acredito que Lula venha para incendiar”

Humberto com LulaHumberto com Lula - Foto: divulgação

O Festival Lula Livre, que ocorre neste domingo (17) no Recife, já estava programado independente da saída do ex-presidente da Superintendência da Polícia Federal em Curitiba. Dada a atual circunstância, o caráter do ato mudou, mas decidiu-se manter a programação, considerando que a presença de Lula só amplia a mobilização. O tom do discurso do líder-mor do PT na Capital pernambucana deve, assim, tender para um agradecimento. Líder do PT no Senado, Humberto Costa já declarou o seguinte: "Acho que o grande pronunciamento que Lula vai fazer e vai ser pensado, preparado por ele, deve ser no encontro do PT". O senador refere-se ao 7º Congresso do partido, que começa, em São Paulo, no próximo dia 22.

Humberto, que fez o convite para que Lula viesse participar do festival, em entrevista à Rádio Folha FM 96,7, adiantara que, no referido encontro do PT, Lula deve se dirigir à população brasileira e "não somente fazer balanço da conjuntura e do governo Bolsonaro, mas também apresentar uma proposta, um projeto para o Brasil". Pelo que Humberto conversou com o ex-presidente, a apresentação de um roteiro para o País deve compor a fala dele no Congresso. "Não acredito que Lula venha para incendiar o País, ele vem para consolidar, fortalecer uma resistência a esse projeto (Bolsonaro) que esse, sim, se continuar, vai destruir o Brasil", considera o senador.

 

Tebet e Tabata em PE
A senadora Simone Tebet (MDB-MS), que preside a CCJ no Senado, e a deputada Tabata Amaral (PDT-SP), uma das integrantes do grupo que tem encabeçado o pacote social, o qual mira a desigualdade na Câmara Federal, estarão no Recife no próximo dia 22. Tebet e Tabata debaterão em evento do MDB Mulher de Pernambuco.
Filiadas > O evento visa a fortalecer o MDB-PE para 2020, mirando novas filiações e ampliando a participação feminina na política. Será às 9h, na Di Branco Recepções.
Trânsito > Presidente do MDB-PE, Raul Henry atua junto com Tabata e outros, a exemplo de João Campos e Felipe Rigoni, na coordenação do pacote social, a pedido de Rodrigo Maia. Henry tem relação de amizade com Tabata, que segue no PDT.
Revitalização > No ato de filiação de Miguel Coelho, Raul Henry realçou o desgaste que o MDB nacional sofreu perante a opinião pública por ter aberto mão de sua identidade em busca de governabilidade. Observou que o partido foi punido com redução drástica de sua bancada em 2018.
Convergência > Henry atribuiu o fato de o partido estar "renascendo" à liderança de Baleia Rossi, atual presidente nacional da sigla. Definiu Baleia com um jovem que conseguiu, em um partido heterogêneo como o MDB, "construir processo amplo de unidade". "Fez isso porque tem capacidade de diálogo", destacou.
Sem pressa > Baleia não fez, em público, aceno a Henry no sentido de lançá-lo candidato à Prefeitura do Recife, embora já tenha feito isso em conversas reservadas. Talvez por saber que o dirigente pernambucano tem preferido contar com o tempo e não agir com açodamento no trato do tema.
Afiados 1 > O 1º Curso de Capacitação para Prefeitos - Eleições 2020, promovido pelo Instituto de Direito Eleitoral de Pernambuco (Ideppe) e Amupe, terá como um dos palestrantes o colunista desta Folha de Pernambuco, Magno Martins.
Afiados 2 > Ele vai falar sobre "A nova mídia e os políticos: Como se relacionar com a Imprensa". O evento, na próxima segunda-feira, ainda abordará a questão da minirreforma eleitoral. 

Veja também

Governo reduz Imposto de Importação para atrofia muscular espinhal
remédio

Governo reduz Imposto de Importação para atrofia muscular espinhal

Após três semanas foragida, mulher de Queiroz se apresenta à polícia para cumprir prisão domiciliar
Queiroz

Após três semanas foragida, mulher de Queiroz se apresenta à polícia para cumprir prisão domiciliar