Geraldo Julio vai à mesa com Michael Bloomberg

Socialista não poupa críticas a Bolsonaro e ex-prefeito de Nova York não poupa Trump

Michael Bloomberg e Geraldo JulioMichael Bloomberg e Geraldo Julio - Foto: divulgação

Na Espanha, onde desembarcou no último domingo para participar da Conferência da ONU sobre o Clima (COP25), o prefeito do Recife, Geraldo Julio, terá encontro, hoje, com o bilionário e ex-prefeito de Nova York, Michael Bloomberg, nome do Partido Democrata que já declarou ser a melhor alternativa para vencer Donald Trump. Bloomberg é crítico do trabalho e da postura do atual presidente norte-americano, com quem o chefe do Planalto, Jair Bolsonaro, nutriu diálogo estreito e regado a afagos, o que não foi suficiente, no entanto, para adubar as relações comerciais entre os dois países. Geraldo Julio, por sua vez, secretário nacional do PSB, não tem poupado críticas à gestão Bolsonaro. Chegou a declarar que o Governo Federal "é adversário do povo, só quer governar se for tirando do povo". E avisou que o "Nordeste vai se defender". O socialista vai à mesa com Bloomberg na esteira das sobretaxas americanas das exportações brasileiras de aço e alumínio terem sido acompanhadas de acusação, feita pelo próprio Trump, de que o Brasil estaria desvalorizando sua moeda.

A provocação levou o ministro da Economia, Paulo Guedes, a apontar "equívoco brutal” de Trump. Em entrevista recente ao canal CBS, Bloomberg assinalara: "Eu vi nosso governo piorar com o jeito que estamos nos comportando internamente e no exterior, liderados pelo nosso presidente". Geraldo, que chefia comitiva com 60 representantes e tem como missão discutir a participação das cidades e governos locais no contexto da Emergência Climática, também vai à mesa, hoje, com o Banco Europeu, que deve anunciar apoio financeiro para projetos do Parque Capibaribe. A conferir.

 

Gleide por Jaboatão
Ela tem repisado que não é hora de falar em 2020, que tem preferido focar no seu mandato na Assembleia Legislativa. Mas o PSB cuidou de jogar holofotes, ontem, em suas redes sociais, sobre uma agenda que a Delegada Gleide Ângelo terá, hoje, em Jaboatão dos Guararapes às 19h.
Endereço certo > A socialista tem o nome cotado para concorrer à Prefeitura daquela cidade. O sinal dado pelo partido reforça os rumores de que ela poderá entrar no páreo. Gleide vai comandar, por lá, Roda de Diálogo sobre o empoderamento feminino.
Na teoria > Procurador-geral de Justiça do Ministério Púbnlico de Pernambuco, Francisco Dirceu Barros não só é a favor da prisão de condenados em 2ª instância, como realça que o direito a recorrer até os tribunais superiores "teoricamente serve para todo mundo, mas, na prática, não serve".
Na prática > Promotor criminal há 20 anos e eleitoral há 17, ele destaca o seguinte: "Os pobres, a maioria absoluta são condenados em primeira (instância) e fica por isso mesmo. Raramente, alguém recorre para segunda".
Sem pressa > Na análise de Francisco Dirceu, esse tema da segunda instância só está "aceso e em grande debate, hoje, em virtude das condenações da Lava Jato, porque todos eles vão recorrer, estão soltos e tem uma coisa chamada prescrição". Ele emenda que "desses da Lava Jato, o mais grave (crime), prescreve em oito anos".
Atitude> O Dia Internacional dos Direitos Humanos, no Recife, hoje, entre outras coisas, vai ser marcado pelo lançamento do livro Limites da Correria, que destaca sete práticas exitosas de redução de danos de sete países de cinco continentes. O Brasil é um deles e, na obra, aparece representado pelo Programa Atitude, de Pernambuco. 

Veja também

Deputado desconfia da unidade oposicionista no Recife
Edmar Lyra

Deputado desconfia da unidade oposicionista no Recife

O candidato e a dificuldade com o isolamento
Carlos Britto

O candidato e a dificuldade com o isolamento