Luiz Fux toma posse na presidência do TSE

A cerimônia foi acompanhada pelo presidente Michel Temer

Luiz FuxLuiz Fux - Foto: Agência Brasil/Arquivo

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Fux tomou posse na noite desta terça (6) como presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A cerimônia foi acompanhada pelo presidente Michel Temer; o presidente do Congresso Nacional, Eunício Oliveira; e a presidente do Supremo, Cármen Lúcia, além de outras autoridades.
Fux sucederá o ministro Gilmar Mendes no cargo. A vice-presidência da Corte Eleitoral será ocupada pela ministra Rosa Weber, que presidirá o tribunal nas eleições de outubro. Isso porque no dia 15 de agosto, Fux completará dois biênios como ministro no TSE e deverá deixar o tribunal.

Leia também:
Ministro Fux se declara suspeito para julgar ação sobre voto impresso
Luiz Fux é eleito para substituir Gilmar Mendes na presidência do TSE
Em ato falho, Fux chama Carmen Lúcia de Presidente da República

Luiz Fux nasceu no Rio de Janeiro e formou-se em direito na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj). Ele foi o primeiro ministro do STF indicado pela ex-presidente Dilma Rousseff.
O TSE é composto por sete ministros. A presidência é ocupada por ordem de antiguidade entre os três ministros do STF que também compõem o tribunal eleitoral. Dois ministros oriundos do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e dois membros da advocacia completam a composição do TSE.

Veja também

Bolsonaro abre mão de depor no inquérito em que é investigado por suposta interferência na PF
Política

Bolsonaro abre mão de depor no inquérito em que é investigado por suposta interferência na PF

Violência contra candidatos aumenta em 2020, aponta TSE
eleições 2020

Violência contra candidatos aumenta em 2020, aponta TSE