Lula diz que Augusto Nunes é 'figura nojenta' e parabeniza Glenn Greenwald

Na carta, Lula diz ainda a Glenn: 'Você presta um serviço extraordinário para a democracia brasileira'

LulaLula - Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) escreveu uma carta nesta sexta (8) ao jornalista Glenn Greenwald, do site The Intercept Brasil, dizendo que ficou "orgulhoso de ver você enfrentar aquela figura nojenta do jornalismo podre brasileiro".

O petista se referia a Augusto Nunes, comentarista da rádio Jovem Pan e da TV Record.
Na quinta (7), Nunes partiu para a agressão física contra Glenn depois de ser chamado de "covarde" por ele no programa Pânico.

O jornalista relembrava um comentário feito anteriormente por Nunes na rádio, no qual mencionou os dois filhos adotados por Glenn e pelo marido dele, o deputado federal David Miranda (PSOL-RJ). Na ocasião, Nunes indagou: "Quem cuida das crianças que eles adotaram? Isso aí o juizado de menores deveria investigar".

Leia também:
Jornalista Augusto Nunes agride Glenn Greenwald, que revida
"Fascistas pensam assim, eles querem violência", diz Glenn em vídeo após agressão


Na carta, Lula diz ainda a Glenn: "Você presta um serviço extraordinário para a democracia brasileira, falando as verdades que a parte podre da imprensa não fala. Parabéns por você existir. Tenha a minha solidariedade".

Veja abaixo a carta:
"Querido companheiro Glenn, fiquei orgulhoso ao ver você enfrentar aquela figura nojenta do jornalismo podre brasileiro. Você presta um serviço extraordinário para a democracia brasileira, falando as verdades que a parte podre da imprensa não fala.
Parabéns por você existir. Tenha minha solidariedade. Abraços com admiração do amigo Lula. Sem medo de ser feliz."

Veja também

'Quem perdeu as eleições de 2018 foi o Brasil', diz Haddad em entrevista ao Roda Viva
Política

'Quem perdeu as eleições de 2018 foi o Brasil', diz Haddad em entrevista ao Roda Viva

Iniciativa põe mulheres eleitas para orientar pré-candidatas em campanha
Política

Iniciativa põe mulheres eleitas para orientar pré-candidatas em campanha