PF faz operação para investigar contratos da Usina de Belo Monte

As investigações identificaram práticas semelhantes às de outras fases da Operação Lava Jato, que consistiam no pagamento de vantagens indevidas a agentes públicos e políticos por parte de consórcio de empreiteiras

Polícia FederalPolícia Federal - Foto: Tânia Rêgo / Agência Brasil

A Polícia Federal (PF) deflagrou hoje (9) a Operação Buona Fortuna, na 49ª fase da Lava Jato. Estão sendo cumpridos nove mandados de busca e apreensão nos estados do Paraná e de São Paulo - quatro de busca e apreensão em Curitiba, um de busca e apreensão no Guarujá (SP), um de busca e apreensão em Jundiaí (SP) e três de busca e apreensão em São Paulo.

As investigações feitas até agora identificaram práticas semelhantes às de outras fases da Operação Lava Jato, que consistiam no pagamento de vantagens indevidas a agentes públicos e políticos por parte de consórcio de empreiteiras diretamente interessado nos contratos de construção da Usina Hidrelétrica de Belo Monte.

Os mandados judiciais foram expedidos pelo juízo titular da 13ª Vara Federal de Curitiba. Uma entrevista coletiva, com maiores esclarecimentos sobre a operação, será dada às 10h, no auditório da PF na capital paranaense, por representantes da Polícia Federal, do Ministério Público e da Receita Federal.

Veja também

Paulo Câmara diz que "vai conversar" sobre espaços ocupados pelo PT no governo
PERNAMBUCO

Paulo Câmara diz que "vai conversar" sobre espaços ocupados pelo PT no governo

Francisco Padilha avalia que sua campanha foi vitoriosa e diz que "não vai desistir de Paulista"
Eleições 2020

Francisco Padilha avalia que sua campanha foi vitoriosa e diz que "não vai desistir de Paulista"