[Podcast] Fernando Monteiro diz que Governo Federal 'demorou para agir'

Parlamentar pontuou que o Governo Federal precisa agir rapidamente para o crescimento da economia

Deputado Fernando Monteiro (PP) em entrevista à Rádio FolhaDeputado Fernando Monteiro (PP) em entrevista à Rádio Folha - Foto: Leo Malafaia/ Folha de Pernambuco

O deputado federal Fernando Monteiro (PP) criticou o Governo Federal pela demora em reagir à crise causada pela pandemia do Covid-19. Para o parlamentar, se o Poder Executivo tivesse demonstrado uma maior preocupação desde o início, “estaríamos numa situação muito melhor”.

“O tempo do Governo Federal agir nisso, com certeza, foi um pouco tarde porque desde o primeiro momento esse vírus vem mostrando o quanto ele é grave e muitas vezes foi menosprezada pelo Governo Federal mas agora o ministro Mandetta vem tem liderado isso de maneira exemplar”, colocou.

Em entrevista à Rádio Folha FM 96,7, Fernando Monteiro destacou que a Câmara Federal está empenhada em votar projetos para combater a COVID-19. “Votamos ontem, a telemedicina, muito importante num momento como esse, então, a Câmara está dando uma resposta, Rodrigo Maia vem ministrando isso e eu venho procurando ajudar como posso.”

Preocupação

Ex-governador de Pernambuco, Joaquim Francisco (PSDB), em entrevista à Rádio Folha.

Ex-governador de Pernambuco, Joaquim Francisco (PSDB), em entrevista à Rádio Folha. - Crédito: Lidiane Mota / Folha de Pernambuco

Em contrapartida, o ex-governador de Pernambuco, Joaquim Francisco, alfinetou o presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia (DEM). Para Joaquim, Maia está muito preocupado em ser reeleito presidente da Casa legislativa. “Rodrigo Maia tem que deixar de se preocupar em ser reeleito presidente da Câmara. Não está na hora de pensar nisso, está na hora de todos pensarem de maneira convergente. Nem Rodrigo Maia terá a capacidade de achar todas as soluções sozinho, nem Davi Alcolumbre (Presidente do Senado Federal), nem (o presidente Jair) Bolsonaro. Eles devem se unir”, alfinetou.

Ainda na manhã desta quinta-feira (26), em entrevista à Rádio Folha FM 96,7, Joaquim Francisco desaprovou a atitude de alguns prefeitos e governadores. Segundo ele, alguns gestores estão fazendo “palanque” com a atual situação da saúde pública no Brasil.

“Está todo mundo no palanque. No palanque de 2020 e no de 2022. Um problema dessa dimensão e as pessoas fazendo palanque. Governadores fazendo palanque, já são declaradamente candidatos à Presidência da República, prefeitos que querem ser reeleitos, que querem eleger seus candidatos, assim não dá. Concluo, objetivamente, que proponho adiamento dessas eleições municipais para 2022. Se retirar esse componente político mais agudo você vai resolver esse problema com muito mais facilidade.”, pontuou.

Ouça a entrevista completa: 

Veja também

Michelle Bolsonaro anuncia que seu exame de Covid-19 deu negativo
Covid-19

Michelle Bolsonaro anuncia que seu exame deu negativo

Governo reduz Imposto de Importação para atrofia muscular espinhal
remédio

Governo reduz Imposto de Importação para atrofia muscular espinhal