PSDB de São Paulo se diz frustrado com soltura de Lula

Assinada pelo presidente do diretório estadual, Marco Vinholi, a nota afirma que a decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) não inocenta Lula

Luiz Inácio Lula da SilvaLuiz Inácio Lula da Silva - Foto: CARL DE SOUZA / AFP

Em nota, o PSDB de São Paulo afirmou nesta sexta-feira (8) que "se soma aos milhões de brasileiros que, neste momento, se frustram com a soltura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva".

Assinada pelo presidente do diretório estadual, Marco Vinholi, a nota afirma que a decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) não inocenta Lula. "A Justiça brasileira precisará ser mais eficiente para mostrar à sociedade que a presunção de inocência não será transformada na certeza de impunidade."

Leia também:
Bolsonaro fala sobre soltura de Lula e pede para não dar 'munição ao canalha'
Lula chama Bolsonaro de mentiroso e diz que 'país pode ser muito melhor'
'Hoje é dia triste para quem é honesto', diz Eduardo Bolsonaro


Assim como o presidente nacional do partido, o diretório estadual afirma que "é preciso respeitar a decisão judicial", e também a avaliação do STF, que mudou o entendimento da prisão após julgamento em segunda instância.

Segundo a nota, o partido espera que a liberdade de Lula não promova a radicalização dos discursos, em uma política do "quanto pior melhor", atrapalhando a retomada do crescimento do país.

Veja também

Marco Aurélio, do STF, recebe alta após operação no joelho
Geral

Marco Aurélio, do STF, recebe alta após operação no joelho

Congresso fará aperfeiçoamento da reforma administrativa, diz ministro
Política

Congresso fará aperfeiçoamento da reforma administrativa, diz ministro