Sergio Moro fala sobre corrupção em curso para juízes

O evento é promovido pela Enfam (Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados)

O ministro Sergio Moro (Justiça)O ministro Sergio Moro (Justiça) - Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, vai proferir a conferência magna de abertura do "1º Curso Nacional sobre Corrupção e os Desafios do Juiz Criminal", nesta quarta-feira (9), em Brasília.

O evento é promovido pela Enfam (Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados). Os ministros João Otávio de Noronha (presidente do STJ) e Antonio Herman Benjamin (diretor-geral da Enfam) farão a abertura solene.

O curso será realizado de 9 a 11 de outubro, no Salão Nobre do STJ, em Brasília. Os presidentes da Câmara Federal, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), são convidados de honra para os pronunciamentos de abertura.

Leia também:
Moro pode aprofundar uso da Força Tarefa de Intervenção Penitenciária
TCU suspende campanha publicitária do pacote anticrime de Moro

"A experiência do direito comparado" será o tema dos conselheiros Stefano Aprile (da Corte di Cassazione/Itália) e Nicolas Maziau (da Cour de Cassation/França).

"A corrupção e os desafios na formação de magistrados" será o tema tratado pelo conselheiro Alessandro D'Andrea, secretário-geral da Escola Superior da Magistratura da Itália, e pela magistrada Cécile Pendaries, da Escola Nacional da Magistratura da França.

A conferência magna de encerramento será proferida pelo ministro Wagner Rosário (Controladoria-Geral da União). A última sessão será presidida pelos ministros do STJ Herman Benjamin e Nefi Cordeiro, e pelo presidente da Ajufe, juiz federal Fernando Mendes.

Veja também

PSOL não renega origem radical, mas amadureceu, diz presidente nacional do partido
Entrevista

PSOL não renega origem radical, mas amadureceu, diz presidente nacional do partido

De patriotismo a pedagogia cívica, veja críticas e defesas do voto obrigatório
Eleições

De patriotismo a pedagogia cívica, veja críticas e defesas do voto obrigatório