Um segundo republicano desafia Trump nas presidenciais de 2020

Joe Walsh é o segundo adversário republicano declarado de Trump

Joe WalshJoe Walsh - Foto: Alex Wong / Getty Image North America / AFP

O ex-congressista Joe Walsh anunciou neste domingo sua candidatura às primárias republicanas contra o presidente Donald Trump ante as eleições presidenciais americanas de 2020.

Walsh, de 57 anos, é o segundo adversário republicano declarado de Trump, depois que o ex-governador de Massachusetts, William Weld, um moderado, anunciou sua candidatura em abril.

"Estou me lançando porque ele é um incapaz. Alguém tem que se levantar e precisa haver uma alternativa", disse Walsh em um programa da ABC. "O país está farto das birras desse cara. É uma criança", disse Walsh, que atualmente é um apresentador de rádio conservador.

Depois de desafiar os republicanos tradicionais em 2016 ao obter a indicação do partido, Trump conta agora com uma base sólida de apoio que parece quase impermeável às controvérsias que gera constantemente.

Poucos republicanos se mostraram dispostos a desafiar publicamente o presidente. Walsh, que foi um dos favoritos do movimento direitista Tea Party, afirmou que é porque "têm medo. Porque estão morrendo de medo".

Leia também:
Trump lamenta não ter aumentado ainda mais tarifas sobre produtos chineses
Trump e Maduro confirmam conversações entre os dois países
Estados Unidos testam míssil após deixar tratado nuclear

Ele desafiou Trump com base em seu caráter, competência e conservadorismo. "É errático. É cruel. Alimenta a intolerância. É incompetente... É um narcisista", disse Walsh. "Aumentou o déficit mais rápido que o presidente Obama".

Embora nem ele nem Weld tenham muita chance de arrebatar a indicação à presidência, o surgimento de suas vozes dissidentes pode lançar luz sobre as divisões dentro do partido. Trump não é o primeiro presidente no cargo a enfrentar primárias.

Em 1980, Jimmy Carter teve que lutar até o final das eleições internas antes de prevalecer contra o senador Ted Kennedy. Carter ganhou a indicação do partido, mas perdeu as eleições gerais para Ronald Reagan.

Veja também

Paulo Câmara diz que "vai conversar" sobre espaços ocupados pelo PT no governo
PERNAMBUCO

Paulo Câmara diz que "vai conversar" sobre espaços ocupados pelo PT no governo

Francisco Padilha avalia que sua campanha foi vitoriosa e diz que "não vai desistir de Paulista"
Eleições 2020

Francisco Padilha avalia que sua campanha foi vitoriosa e diz que "não vai desistir de Paulista"