Após 20 anos à frente do “Sem Censura”, Leda Nagle é demitida da TV Brasil

EBC enviou nota alegando ajustes orçamentários na emissora

Secretário Dilson Peixoto pretende simplificar o acesso da agricultura familiar às linhas de crédito administradas pelo Banco do NordesteSecretário Dilson Peixoto pretende simplificar o acesso da agricultura familiar às linhas de crédito administradas pelo Banco do Nordeste - Foto: Divulgação

A apresentadora Leda Nagle, que completou 20 anos à frente do “Sem Censura”, foi demitida por Laerte Rímoli, presidente da EBC, nesta quarta (7). A notícia pegou muita gente de surpresa, já que a atração é uma das poucas que mantém bons índices de audiência na TV Brasil. Laerte justificou, na conversa com a apresentadora, que a emissora tem uma dívida milionária para pagar.

A gerência de comunicação da EBC, por meio de nota, também disse que está reexaminando o contrato de Leda e que está “empenhada” em manter o “Sem Censura” na grade com a apresentadora à frente do programa, mas está sendo obrigada a rever este e outros contratos devido à severa restrição orçamentária por que passa a Empresa e o País de forma geral. A nota diz ainda que "Leda Nagle é parte importante da história, não só da TV Brasil, como da televisão brasileira por sua competência, eficiência e profissionalismo".

Veja também

Professores da rede estadual paralisam atividades em Pernambuco em protesto por piso salarial
PERNAMBUCO

Professores da rede estadual param atividades, hoje, em protesto por piso salarial

PF apreende, no Recife, ecstasy em potes de creme enviados pelos Correios; dois são presos
Tráfico de drogas

PF apreende, em Boa Viagem, ecstasy em potes de creme entregues pelos Correios