Inscrições para seleção simplificada da SDSCJ serão encerradas nesta sexta-feira

As inscrições para a seleção simplificada para a contratação temporária de 45 profissionais de nível médio e superior para a Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude de Pernambuco (SDSCJ) serão encerradas nesta sexta-feira (1). Os salários variam entre R$ 1,5 mil e R$ 2,7 mil.

As vagas são para os Núcleos de Mediação Institucional de Conflitos, no âmbito do Programa Governo Presente de Ações Integradas para Cidadania da SDSCJ. A inscrição pode ser feita pelo site http://www.institutodarwin.org

A taxa de inscrição é de R$ 40 para nível médio e R$ 60 para nível superior. A seleção será feita a partir de análise de experiência e prova de títulos.

São oito vagas de nível superior com formação em qualquer área divididas nos municípios de Recife, Jaboatão dos Guararapes, Caruaru e Petrolina. Os salários dão R$ 2,7 mil para 40 horas semanais.

Outras 35 vagas são para nível médio completo e serão divididas também na Capital pernambucana e nos municípios de Jaboatão dos Guararapes, Caruaru e Petrolina. O salário e de R$ 1,5 mil para 40 horas semanais.

Os contratos são de 24 meses, prorrogáveis por igual período. A expectativa é que o resultado seja divulgado no dia 1º de outubro.

Seleção
O processo seletivo será realizado por meio de análise da experiência profissional e de títulos. Esta fase é única e tem caráter eliminatório e classificatório. Ao fazer seu cadastro no site da organizadora, os candidatos devem anexar os documentos digitalizados e preencher o formulário. Do total de vagas ofertadas por função, este Edital, 5% será reservada para pessoas com deficiência.

Para participar da seleção simplificada, o candidato deverá:

I - Ser brasileiro ou gozar das prerrogativas previstas no art. 12, §1.º, da Constituição Federal;
II - Ter idade mínima de 18 anos ou ser emancipado civilmente;
III - Estar em dia com as obrigações eleitorais;
IV - Estar quite com o serviço militar, quando do sexo masculino;
V - Estar apto físico e mental para o exercício das atribuições da função;
VI - Não acumular função, empregos ou cargo público, em qualquer esfera de Governo ou em qualquer Poder, salvo nos casos constitucionalmente permitidos;
VII - Não estar cumprindo o prazo de interstício de afastamento do Estado por ter prestado serviços, através de contrato temporário, conforme Lei nº 14.547, de 21 de dezembro de 2011, e suas alterações;
VIII - Não registrar antecedentes criminais e se encontrar no pleno exercício de seus direitos civis e políticos;
lX – Firmar declaração de não estar cumprindo e nem ter sofrido, no exercício da função pública, penalidade por prática de improbidade administrativa, aplicada por qualquer órgão público ou entidade da esfera federal, estadual ou municipal;
Xl - Preencher os requisitos de formação exigidos, conforme indicado no Anexo I deste Edital; Xll – Ter disponibilidade para viajar
XIll – Anexar cópia do documento de Identidade, CPF, comprovante de residência e certificado de conclusão de curso de nível médio emitido por instituição oficialmente reconhecida pelo MEC.