Tarde do Pequeno Principe em Cordel

O Malakoff Café, no bairro do Prado, vai abrir as portas para o público infantil na segunda-feira, dia 23, das 14h às 18h. O escritor Josué Limeira e o ilustrador Vladimir Barros participarão de uma divertida tarde de autógrafos do livro O PEQUENO PRÍNCIPE EM CORDEL, que é uma interessante releitura do clássico O Pequeno Príncipe de Saint-Exupéry. Para a oportunidade, o Malakoff Café também preparou junto com a Capibaribe Produções, atividades lúdicas com contação interativa de histórias e oficina de mini cakes para crianças de 3 a 10 anos. As vagas para as oficinas são limitadas a 40 crianças, sendo divididas em duas turmas: das 14h30 às 16h e das 16h30 às 18h. O passaporte infantil custa R$ 30,00 e dá direito a uma degustação de café para um responsável da criança. O exemplar do livro sai a R$ 38,00.

Na ocasião, haverá também sorteio de brindes temáticos do livro para os pais das crianças que participarem das oficinas. A compra do passaporte pode ser feita com antecedência a partir desta sexta-feira nas unidades do Malakoff Café do Prado e do Paço do Frevo, no Recife Antigo, ou na hora, enquanto houver vaga. Mais informações pelo número 3128 0113 ou pelo e-mail [email protected]

O Livro - em 174 páginas com ilustrações incríveis de Vladimir Barros e versos criativos e de fácil compressão de Josué Limeira, O Pequeno Príncipe em Cordel é um maravilhoso presente para a literatura e, em especial, para a cultura nordestina. O título foi publicado pela Editora Carpe Diem e já foram vendidos mais de 6 mil exemplares desde o lançamento. O sucesso da publicação é tanto que 25 escolas de Pernambuco, Alagoas, Bahia, Rio de Janeiro e São Paulo já adotaram O Pequeno Príncipe em Cordel como livro paradidático. A publicação também foi finalista do Prêmio Jabuti 2016 na categoria Adaptação e inspirou o material gráfico de fim de ano da FacForm, parceira do Malakoff Café nesta ação.

Veja também

Casos de Covid-19 na Rocinha podem ser 62 vezes maiores que o oficial
Subnotificação

Casos de Covid-19 na Rocinha podem ser 62 vezes maiores que o oficial

Documentos perdidos no Carnaval continuam sendo entregues em Olinda
Serviço

Documentos perdidos no Carnaval continuam sendo entregues em Olinda