Assembleia vai conceder prêmio Prefeitura Amiga da Biblioteca em maio

Comissão de Educação e Cultura é presidida pelo deputado Romário Dias (PSD) - Alepe

A Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) vai receber até o próximo dia 15 de março as indicações para a concessão do prêmio Prefeitura Amiga da Biblioteca. A inciativa parte da Comissão de Educação e Cultura, presidida pelo deputado Romário Dias (PSD), que explicou a a importância da premiação. “Não há quem supere a leitura, ela é fundamental. O ler, o escrever e o saber estão na pessoa. A única herança que levamos conosco para sempre é o saber que tivemos durante a nossa vida”, afirmou Romário.

As indicações para concorrer ao prêmio, que existe desde 2015, devem ser feitas pelos deputados estaduais, Poder Executivo ou órgão de representação da categoria dos Bibliotecários no Estado até o dia 15 deste mês. Poderão ser agraciadas até quatro prefeituras e a premiação será concedida no próximo dia 27 de maio.

A agenda de trabalho da comissão também foi tema do pronunciamento de Romário na tarde desta quarta. O deputado destacou que a ação do colegiado será conjunta e precisa contar com a participação de todos os demais parlamentares, sejam eles membros ou não da comissão.

“O colegiado, democraticamente, está à disposição de todos os 49 parlamentares da Casa. Na comissão, vamos discutir tudo o que for necessário e tudo o que for pertinente à Educação e à Cultura. Não importa qual assunto, se estiver dentro da nossa atuação, vamos debatê-lo. Faremos um trabalho totalmente compartilhado e em conjunto. Educação é um tema prioritário não apenas para Pernambuco como também para o Brasil inteiro e precisamos debater ações e iniciativas para fortalecer e melhorar este setor”, detalhou.

Além da concessão do prêmio, também foi abordada, na Comissão de Educação e Cultura, a Lei de Responsabilidade Educacional. “O secretário de Educação de Pernambuco, Fred Amâncio, virá à Assembleia Legislativa, em agosto, apresentar o relatório dos indicadores do ano de 2018 e é muito importante a participação dos senhores parlamentares”, adiantou Romário.

Os deputados presentes na reunião ainda sugeriram temas que serão abordados ao longo do ano, entre eles a educação profissional e à distância, o ensino domiciliar, o acompanhamento das crianças com deficiência dentro das escolas e o debate da cultura popular e erudita. Participaram da reunião da Comissão de Educação e Cultura o mandato coletivo Juntas (PSOL), as deputadas Teresa Leitão (PT) e Clarissa Tércio (PSC) e os deputados Paulo Dutra (PSB), William Brígido (PRB) e João Paulo (PCdoB).