Bivar articula reunião com bancada do PSL

Deputado garantiu que haverá tratamento republicano, independente da coloração - Paullo Allmeida/Folha de Pernambuco

Após um período de recuperação de cirurgia para correção de problemas na coluna, o presidente do PSL Nacional e deputado federal eleito Luciano Bivar deve cumprir agenda, nesta terça (06), em Brasília. Caso receba liberação médica, o líder pesselista terá audiência com deputados e senadores do partido, para ouvir demandas partidárias dos estados e alinhavar a estratégia para a atração de novas filiações. Em seu roteiro pela Capital Federal, Bivar também tem previsto encontro com o futuro chefe do Executivo, Jair Bolsonaro.

Há forte expectativa sobre a agenda de Jair Bolsonar, que participa nesta terça (06) de solenidade em comemoração aos 30 anos da Constituição Federal. Os compromissos de Bivar, por sua vez, são de caráter partidário. “Estarei com vários senadores e deputados do partido. Serão conversas para ouvir demandas deles, dos estados”, explica o presidente da sigla, que deve contribuir com a equipe de transição de governo e na indicação de nomes para os próximos ministérios.

Leia também:
Compesa garante R$ 39 milhões para Adutora do Agreste
Leia as principais manchetes do dia pelo país
Regulamentação de transporte por aplicativos entrará em votação na Câmara do Recife, nesta terça


Na agenda de Bivar, está previsto um encontro com Bolsonaro, mas não há detalhes sobre o assunto. Eles não se encontraram desde que o capitão da reserva foi eleito. O pernambucano foi representado na celebração da vitória, na casa do futuro presidente, no Rio de Janeiro, pelo advogado Antônio Rueda.

Bivar não participará do encontro entre Bolsonaro e o presidente Michel Temer (MDB), amanhã, mas antecipa que o futuro governante vai demandar qual o apoio que pode ter para iniciar as reformas, especialmente a da Previdência. "Resta saber se tem votos. Naturalmente, passa pelo presidente, que vai pedir a votação", pontua o deputado.