Em Petrolina, Oposição propõe realização de reuniões regionalizadas do Pacto pela Vida

De olho na segurança do Estado, a bancada de oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) vai propor ao Governo estadual a realização de reuniões regionalizadas do programa Pacto pela Vida. O objetivo da proposta, discutida durante a sétima edição do Pernambuco de Verdade, em Petrolina, nesta quinta-feira (28), é sugerir que a temática seja debatida com prefeitos, incluindo as administrações municipais no combate à violência e ouvindo as demandas dos gestores.

A agenda foi iniciada pelo 5º Batalhão da Polícia Militar que, segundo a bancada, trabalha hoje com um déficit de 550 homens. “Vamos encaminhar ao governador Paulo Câmara (PSB) solicitação para criação de um Batalhão Integrado Especializado de Policiamento (Biesp) no São Francisco, além de cobrar as promessas feitas à população”, destacou o líder da oposição na Casa, Silvio Costa Filho (PRB).

Além da segurança pública, o grupo também avaliou a situação da saúde. De acordo com informações da bancada, o Hospital Dom Malan, responsável pelo atendimento à população de 54 municípios de Pernambuco, Bahia e Piauí, funciona hoje com uma demanda 150% superior à sua capacidade e apresenta, também, problemas estruturais.

“Ouvimos dos representantes da Fundação Imip, que administra o hospital, que há recursos disponíveis para as obras, mas falta autorização da Secretaria de Saúde para que o investimento seja realizado”, detalhou o deputado Augusto César (PTB).

Ainda em relação à saúde, a oposição afirma que a administração municipal diz aguardar a regularização de um débito da ordem de R$ 5 milhões do Estado com o município, de ações como o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), entre outros programas. Outros locais visitados pelos parlamentares foram a rodoviária da cidade, o Instituto de Medicina Legal, o Corpo de Bombeiros, a Delegacia de Roubos e Furtos, a Compesa e a UPE.

A agenda incluiu ainda um encontro com o prefeito Miguel Coelho (PSB). O prefeito destacou a importância do Biesp para a região e falou sobre outras demandas para a área de segurança, como a promessa de aquisição de um helicóptero para ajudar no combate à violência e ao tráfico na região.

A programação do Pernambuco de Verdade no Sertão do São Francisco foi encerrada com a realização de uma plenária na Câmara Municipal de Petrolina, onde foram colhidas as demandas da população, lideranças, movimentos sociais e da sociedade civil organizada. As próximas edições do programa serão realizadas na Zona da Mata Sul e Região Metropolitana do Recife.