Geraldo Julio destaca importância do debate sobre mudanças climáticas


Em entrevista ao programa do Bocão na Rádio Folha (96,7), na manhça desta quarta-feira (4), o prefeito do Recife Geraldo Julio (PSB) destacou o compromisso do Recife em promover o debate sobre as consequências das mudanças climáticas. Geraldo preside o ICLEI - Governos Locais pela Sustentabilidade para a América do Sul, rede global de mais de 1.750 governos locais e regionais cujo compromisso é o desenvolvimento urbano sustentável.

"Existe um levantamento internacional de risco em função das mudanças climáticas e da emergência climática que o mundo vive, e esses estudos dizem que Recife é uma das 16 cidades do mundo que vão mais ter consequências", advertiu o prefeito que elencou o aumento do nível do mar e as consequêntes inundações e alagamentos, o calor excessivo, entre oas maiores consequências para a capital pernambucana.

"Todas essas coisas vão acontecendo e as pessoas muitas vezes não têem a informação de que isso é consequência das mudanças climáticas", disse Geraldo. O prefeito lembrou que a ONU colocou o assunto no núcleo do debate Global.

Leia também:
'É uma eleição que vai discutir quem está com o povo e quem é contra', diz Geraldo Julio
Geraldo faz balanço da gestão e critica Bolsonaro: 'Governa de costas para o povo'


Acordo de Paris

Geraldo Julio traçou um paralelo entre o governo de Donald Trump, nos Estados Unidos e o governo brasileiro e as reações dos governos locais brasileiros e norte-mericanos em refutar o Acordo de Paris sobre a necessidade de reduzir a emissão de gases do efeito estufa para conter o aquecimento global. "Infelizmente tem países que os governo nacionais ignoram isso e enfrantam a ciência e a verdade", avaliou.

"O Govenro americano acabou de notificar a ONU e dizer que vai sair do acordo de Paris. Os governo locais nos Estados Unidos esão fazendo o inverso, estão aprovando leis rígidas para poder evitar as emissões de gases do efeito estufa e conseguir cumprir as metas do acordo de Paris e evitar essas tragédias que podem acontecer, alías algumas já estão acontecendo. Aqui é a mesma coisas. O governo nacional é contra, mas os governo locais têm compromisso", pontuou Geraldo.

"Recife foi a primeira cidade brasileira a reconhecer a emergência climática global. Mutas cidades do mundo está fazendo isso também. E nós fomos a primeira cidade a colocar no currículo dos meninos das escolas as mudanças climáticas. Aqui no Brasil tem gente comprometida com essa causa porque ela mexe com a vida das pessoas", frisou o prefeito.

Geraldo lembrou que Recife reazlizou recentemente a primeira conferencia brasileira do clima, enviolvendo prefeitos, governadores e especialistas no assunto. "O Recife sediou essa discussão aqui no país, muito embora o Brasil tenha negado a realização da COP no país", criticou.

Veja também

Serviços de alimentação e academias de ginástica na RMR e Mata voltam a funcionar no dia 20
PER

Serviços de alimentação e academias de ginástica na RMR e Mata voltam a funcionar no dia 20

Campeonato Pernambucano volta a partir do dia 19 de julho
Futebol

Campeonato Pernambucano volta a partir do dia 19 de julho