Juntas Codeputadas realizam um ato em defesa da democracia e em repúdio ao AI-5

Ato em defesa da democracia e em repúdio ao AI-5 - Divulgação

Nesta sexta-feira, 13 de dezembro, completa 51 anos desde a instituição de um dos atos mais abomináveis da história recente do Brasil e o símbolo maior da violação de direitos num dos períodos mais tenebrosos do nosso país: a edição do Ato Institucional nº 5 (AI-5). O AI-5 foi a autorização para a ditadura perseguir pessoas, cassar mandatos, sequestrar, torturar e matar cidadãos e cidadãs. Nesta sexta-feira, as Juntas Codeputadas realizam um ato em defesa da democracia e em repúdio ao AI-5, realizado em conjunto com diversas organizações da sociedade civil. 

No primeiro momento, vamos fixar placas em homenagem às pessoas perseguidas, mortas e desaparecidas no período da ditadura, no Monumento Tortura Nunca Mais. Em seguida, na Alepe, realizamos um seminário relembrando todo o processo de luta e resistência pela democracia em nosso país, bem como resgatando a importância de lutarmos contra medidas como o AI-5. Contamos com sua presença! 

Ato Público em Repúdo ao AI-5 e pela Defesa da Democracia
13 de dezembro de 2019
9h00: Fixação de placas no Monumento Tortura Nunca Mais
10h00: Seminário aberto na Alepe (Auditório Ênio Guerra - Rua da União, nº383)