Lei favorece contratação de pessoas com deficiência

A partir de agora, as empresas contratadas pelo município do Recife serão obrigadas a empregar, dentro do total previsto na lei de cotas, pessoas com deficiências visual, auditiva, cognitiva e com transtorno do espectro do autista. A Lei, de autoria do vereador Jayme Asfora (PMDB), foi publicada nesta terça-feira (05), no Diário Oficial.

“Estamos acabando assim, pelo menos no âmbito municipal, com a exclusão dentro da exclusão. Se tornou comum que empresas selecionem para trabalhar quem tenham tipos de deficiência mais leves”, ressalta Asfora.

O peemedebista também afirmou que seu objetivo é fazer com que o acesso ao mercado seja de fato amplo e com oportunidades para todos. “Essa lei faz a ressalva de que a cota deve ser cumprida sem fazer distinção ou preferência. Essa proposta nos foi demanda pelas entidades que fazem o trabalho de acolhimento e de busca, incessante, pela inserção das pessoas com deficiência na sociedade. A sanção da lei é uma conquista dessas pessoas”, afirma.