[Opinião] Ameaça de intervenção militar traduz insegurança institucional

Ditadura no Brasil 295 - Reprodução

Por Daniel Leite*

Ao afirmar que uma nova intervenção militar pode acontecer, caso o Supremo Tribunal Federal deixe o ex-presidente Lula solto, o general de Exército da reserva, Luis Gonzaga Schroeder Lessa, coloca ainda mais gasolina nesta fogueira chamada Brasil. Recheada de irresponsabilidade, a declaração transparece, na verdade, que a crise de legitimidade extrapola os limites do campo político e atinge em cheio o Judiciário, ampliando a necessidade de uma leitura sobre a frágil segurança institucional brasileira.

Em entrevista ao Estadão, o general disse que o STF será o “indutor” da violência entre os brasileiros, “propagando a luta fraticida, em vez de amenizá-la”, caso Lula se livre da prisão. Se isso acontecer, na sua visão, não restará outra alternativa do que a intervenção. “Se acontecer tanta rasteira e mudança da lei, aí eu não tenho dúvida de que só resta o recurso à reação armada. Aí é dever da Força Armada restaurar a ordem. Mas não creio que chegaremos lá”, colocou.

Com esta ameaça, ele incentiva o desrespeito às decisões do Poder Judiciário. Legitima o discurso do golpe que bate à porta. Reforça o clima de polarização social. Abre caminho para a defesa do autoritarismo. Minimiza a solidez da democracia brasileira. E o pior: Dá a entender que a tese da intervenção contempla o desejo das Forças Armadas como um todo, o que não é verdade. No final das contas, a fala do general da reserva é isolada e serve apenas para causar ainda mais instabilidade. E causa. Principalmente entre aqueles que adoram ler somente os títulos das postagens que desfilam em suas timelines.

Por isso, em tempos delicados como este, a afirmação do general merece um alerta. E para impedir a propagação das especulações que se acumulam, o Exército não deveria deixar isso impune e o STF não poderia se privar de reagir de forma contundente. Mas preferiu não se manifestar, enquanto esta notícia se espalha pela rede.

Daniel Leite é editor do Blog da Folha.

Veja também

Satisfeito, Hélio dos Anjos afirma que 'busca por competitividade' provocou mudanças
Náutico

Satisfeito, Hélio dos Anjos afirma que 'busca por competitividade' provocou mudanças

Trump dá indulto a ex-conselheiro que se disse culpado
internacional

Trump dá indulto a ex-conselheiro que se disse culpado