Políticos e militantes acompanham votação de habeas corpus na Câmara

Ato em defesa de Lula na Câmara Municipal - Brenda Alcântara/Folha de Pernambuco

No Recife, as movimentações a favor de Lula começaram as 14h desta quarta-feira (4). No pátio da Câmara dos Vereadores, na área central da Capital, foi montado um telão para a exibir o julgamento. No momento, militantes e políticos acompanham a decisão do STF. Entre eles, Carlos Veras (presidente da CUT), Bruno Ribeiro (presidente estadual do PT), o ex-prefeito João Paulo (PT) e a deputada estadual Teresa Leitão (PT).

O ex-presidente chegou a ser condenado em segunda instância e o julgamento do habeas corpus no STF tornou-se a sua última chance para garantir o direito de continuar recorrendo em liberdade as instâncias superiores contra a sua condenação por lavagem de dinheiro e corrupção. Apesar disso, segundo Carlos Veras, os petistas têm se mantido otimistas e não esperam que Lula tenha o habeas corpus negado.

Para o presidente estadual do PT, o tom político do julgamento é um ponto preocupante. "Hoje não tá sendo julgado um habeas corpus apenas impetrado pelo ex-presidente Lula, está se julgando a vigência da Constituição brasileira", pontuou.

Apesar do desgaste interno na legenda - que acabou resultando em seu pedido de afastamento das atividades partidárias - o ex-prefeito João Paulo também participa do ato em defesa do ex-presidente. Para ele, o impacto eleitoral da situação pode ser visto com mais clareza "depois do julgamento". "Mas até agora todas as pesquisas indicam uma simpatia muito grande do PT e de Lula em todo o Brasil, principalmente em Pernambuco e no Nordeste", disse.

Veja também

980 - Os melhores momentos da carreira de Diego Maradona
Maradona

980 - Os melhores momentos da carreira de Diego Maradona

'Poderia ter sido de quatro', exalta Hélio dos Anjos após 1ª vitória no retorno aos Aflitos
Náutico

'Poderia ter sido de quatro', exalta Hélio dos Anjos após 1ª vitória no retorno aos Aflitos