Projeto social Gol do Brasil será lançado nesta terça-feira

O Recife será a primeira capital do Nordeste a receber o projeto social Gol do Brasil, que usa o futebol como ferramenta de promoção da educação e da cidadania. As atividades do projeto começam nesta semana, fruto de parceria entre Prefeitura do Recife, Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e Federação Pernambucana de Futebol (FPF), e atenderão 240 crianças e adolescentes, com idade entre 6 e 17 anos.

O lançamento acontece às 19h da terça-feira (12), no auditório da FPF, com a presença de representantes das três instituições parceiras. A primeira etapa do projeto será a capacitação de 40 profissionais de Educação Física, na quarta (13) e quinta (14), na FPF e no Sport Club do Recife, com metodologia desenvolvida pela CBF e chancelada pela FIFA. Em seguida, quatro deles serão selecionados para ministrar as aulas às crianças e adolescentes atendidos pelo projeto.

As aulas (que abrangem os aspectos teóricos e práticos) começarão em fevereiro, no campo do União da Macaxeira. “É obrigatório que tenhamos pelo menos uma turma feminina contemplada. A ideia é usar o futebol como vetor de transformação da vida dos alunos atendidos”, afirma a secretária Ana Paula Vilaça.

Lançado em 2017, o projeto Gol do Brasil tem o objetivo de construir um futuro melhor para as crianças beneficiadas, além de incentivar e democratizar o acesso à formação esportiva no futebol. A metodologia prevê que os profissionais acompanhem o desempenho dos alunos, por meio de plataforma digital, incluindo o monitoramento dos indicadores escolares das crianças, bem como sua rotina na comunidade e em família.

Veja também

Bancos restringem crédito durante crises econômicas, diz fundador de Estímulo 2020
Economia

Bancos restringem crédito durante crises econômicas, diz fundador de Estímulo 2020

Organizadores do boicote ao Facebook se dizem decepcionados com rede após reunião
Mundo

Organizadores do boicote ao Facebook se dizem decepcionados com rede após reunião