Sindicontas-PE defende indicação de técnico para ocupar vaga no TCE

Em nota divulgada nesta sexta-feira (5), o Sindicato dos Servidores do Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE-PE) defendeu a indicação de um nome técnico para ocupar a vaga do conselheiro João Campos, que faleceu vítima de infarto no dia 22 de junho.

“Uma pessoa proveniente do Controle Externo reforça a autonomia, altivez e independência do Tribunal de Contas”, diz o texto.

A nota destaca o importante trabalho de João Campos e afirma que seu legado “reforça ainda mais a responsabilidade do nome que passará a integrar a Corte”.

Confira a nota na íntegra:

A perda precoce do Conselheiro João Campos é inestimável. Ele deixou um importante legado na Casa, o que reforça ainda mais a responsabilidade do nome que passará a integrar a Corte. Em meio à discussão sobre a indicação de quem ocupará a vaga do Conselheiro João Campos, o Sindicontas-PE destaca a importância da escolha de um nome oriundo do quadro técnico. Uma pessoa proveniente do Controle Externo reforça a autonomia, altivez e independência do Tribunal de Contas.

Veja também

Mourão diz que governo federal estuda fortalecer órgãos ambientais
Meio ambiente

Mourão diz que governo federal estuda fortalecer órgãos ambientais

Náutico consegue suspensão dos leilões da garagem de remo
Náutico

Náutico consegue suspensão dos leilões da garagem de remo