Aluísio Lessa sugere que deputados destinem percentual de emendas para compra de seringas

Com o primeiro ciclo de remanejamento de emendas para 2021 prestes a se iniciar, o deputado estadual Aluísio Lessa (PSB) propôs, durante reunião plenária para a instalação do período extraordinário, na manhã desta terça-feira (12), que os parlamentares da Alepe destinem um percentual de suas emendas para a compra de seringas, auxiliando o Governo do Estado e a Secretaria de Saúde de Pernambuco na vacinação contra a  Covid-19.

"O orçamento de emendas para todos os parlamentares é de cerca de R$ 111 milhões. A mesa diretora poderia propor ao deputados, em um esforço junto ao Governo do Estado e à Secretária de Saúde de Pernambuco para a vacinação, propor um percentual de 10% ou outro número a definir para a aquisição de seringas. Seria a colaboração de cada deputado com a campanha de vacinação para Pernambuco" ressaltou Aluísio.

Lamentando a inércia do Governo Federal, que ainda não definiu data para o início da campanha nacional de vacinação, Lessa ressaltou que é preciso que os demais poderes públicos se mobilizem em prol da população.

"A gente não tem notícias de Brasília de quando a campanha nacional de vacinação será iniciada. Enquanto isso, os  184 prefeitos de Pernambuco, através da Amupe, buscam respostas. Temos de atacar com o que temos nas mãos, que são os orçamentos aprovados na Lei Orçamentária para 2021. Acredito que nós, parlamentares, podemos somar esforços com o Governo do Estado e os prefeitos nesta campanha que envolve a saúde de toda a sociedade pernambucana", frisou ele.

Veja também

Insumos para 8,6 milhões de doses da Coronavac chegam ao Brasil no dia 3, diz governo Doria
Vacina no Brasil

Insumos para 8,6 milhões de doses da Coronavac chegam ao Brasil no dia 3, diz governo Doria

Morre por coronavírus o ministro da Defesa colombiano Carlos Holmes Trujillo
Colombia

Morre por coronavírus o ministro da Defesa colombiano Carlos Holmes Trujillo