Álvaro Porto comemora anúncio da pavimentação da PE-158 entre Calçado e Jupi

Após apresentar inúmeros pedidos da pavimentação dos dez quilômetros da PE-158 que ligam os municípios de Calçado e Jupi, deputado estadual Álvaro Porto (PTB) comemorou o anúncio das obras feito pelo governo do estado nesta quinta-feira (25.11). 

“Os moradores e lideranças da região vinham fazendo esta reivindicação há anos e ao longo dos nossos dois mandatos insistimos com solicitações encaminhadas ao Governo do Estado e ao Departamento de Estradas e Rodagens de Pernambuco. A pavimentação dos 10 quilômetros foi prometida há oito anos, mas foi mantida no papel”, destacou. 

As duas últimas indicações foram apresentadas por Porto em 2019 e 2020. Este ano o deputado fez novo apelo que incluiu reivindicações de restauro em rodovias do Agreste e da Mata Sul.

Na indicação de 2020, Porto lembrou que o anúncio da recuperação trecho entre Calçado e Jupi, em 2013, trouxe esperança e alegria para a população de ambos os municípios que, após vários anos de espera, transitando por uma via sem pavimentação, e em condições precárias, enfim poderiam dispor de uma rodovia pavimentada, com condições satisfatórias de segurança. 

“Contudo, passados quase 7 anos do anúncio, o que se observa é um cenário de completo abandono e iminente risco de vida para os que necessitam transitar no trecho. As obras encontram-se totalmente paralisadas, permanecendo a rodovia em condições extremamente precárias em virtude do abandono das obras, com elevado número de acidentes”, afirmou, à época, na justificativa do pedido.

Porto salienta que torce pelo anúncio da recuperação do trecho da mesma PE-158 que interliga os municípios de Calçado, Jurema e Panelas. O restauro deste percurso também tem sido alvo de indicações apresentadas pelo deputado.

Veja também

Parado na Lei Seca, Adriano Imperador se recusa a fazer teste do bafômetroRio de Janeiro

Parado na Lei Seca, Adriano Imperador se recusa a fazer teste do bafômetro

Ômicron: Espera por leito no Rio pode ultrapassar dois diasCOVID-19

Ômicron: Espera por leito no Rio pode ultrapassar dois dias