Ana Arraes desmente notícias falsas que tentam apontar João Campos como agressor

A ministra do Tribunal de Contas da União (TCU) Ana Arraes divulgou nota para rebater vídeo divulgado nas redes sociais vídeo que tenta levar as pessoas a acreditarem que ela teria sido agredida pelo candidato a prefeito do Recife, João Campos(PSB). 

A gravação, de poucos segundos, está fora de contexto e foi retirada de uma entrevista de quase 15 minutos dada pela ministra no ano passado. A ministra afirma que nunca foi agredida por nenhum de seus netos e que tem "uma relação de profundo carinho e respeito por eles".

“Na condição de ministra do Tribunal de Contas da União, sou impedida pela legislação de assumir posições políticas ou pessoais no processo eleitoral, no Recife ou em qualquer outro lugar. E não admito a utilização de meu nome, sobretudo em peças com viés claro de fake news, tentando prejudicar alguém da minha família. Nunca fui agredida por nem um dos meus netos, com os quais tenho uma relação de amor profundo e carinho", afirmou.

O áudio da entrevista chegou a ser utilizado em uma inserção da coligação Recife Cidade da Gente da candidata à Prefeitura do Recife, Marília Arraes (PT).

Veja também

Acidente aéreo mata piloto, presidente e quatro jogadores do Palmas-TO
Tragédia

Acidente aéreo mata piloto, presidente e quatro jogadores do Palmas-TO

Mandatos coletivos avançam, mas ainda sofrem resistência
Política

Mandatos coletivos avançam, mas ainda sofrem resistência