Armando Monteiro Neto desfilia-se do PTB

O ex-senador Armando Monteiro Neto anunciou, nesta segunda-feira (23), sua desfiliação do PTB em Pernambuco. O motivo da saída do líder político é a "especulação sobre mudanças no comando" da sigla que, segundo ele, "não foram confirmadas". Apesar de garantir não ter conhecimento da mudança no comando da sigla, ele antecipou sua desfiliação e disse que sua decisão é de "caráter irrevogável".

Ele também reafirmou a "irredutível decisão de apoiar a candidatura de Marília Arraes" para a Prefeitura do Recife, que teria sido motivo da intervenção do presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, no diretório do PTB em Pernambuco.

Confira a nota na íntegra:

Tomando conhecimento de especulações sobre mudanças no comando do PTB em Pernambuco, que até o presente momento não foram confirmadas, antecipo a minha decisão de me desfiliar em caráter irrevogável do Partido Trabalhista Brasileiro. Comunico minha decisão, neste momento, ao meu amigo José Humberto Cavalcanti, Presidente Estadual, ao tempo em que reafirmo a minha irredutível decisão de apoiar a candidatura de Marília Arraes à Prefeita, que representa, neste momento, a melhor alternativa para o Recife, interrompendo um já longo, medíocre, e mal sucedido ciclo de gestões do PSB. 

Ao longo da minha vida pública, nunca admiti cabresto, nem recebo ordem unida. 

Agradeço a todos os companheiros do partido, dirigentes, parlamentares, gestores municipais, vereadores, lideranças e  correligionários em geral, que nunca me faltaram, desde que iniciamos essa construção em 2003, sob a liderança do saudoso ex-presidente e empresário, José Carlos Martinez. Estou seguro de que em breves dias, nos reencontraremos.

Veja também

Encontrados 19 corpos carbonizados na fronteira México-EUA
Mundo

Encontrados 19 corpos carbonizados na fronteira México-EUA

Resgatados 11 mineiros soterrados há duas semanas em mina de ouro na China
Resgate

Resgatados 11 mineiros soterrados há duas semanas em mina de ouro na China