Auditores avaliam infraestrutura dos hospitais de campanha em nova vistoria

Divulgação

A auditoria do Tribnal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE-PE) realizou visitas aos hopitais de campanha montadas pelo governo do Etsado e pela Prefeitura do Recife para atender os pacienetes diagnostcados da Covid-19. A ação foi para verificar, dentre outras coisas, a infraestrutura dos locas e a quantidade de respiradores e monitores em cada uma destas unidades de saúde.

As vistorias foram realizadas pela equipe técnica da Gerência de Contas da Capital do TCE, na última segunda-feira (29), atendendo a uma Auditoria Especial (Processo TC nº 20100061-1) que apura a compra de equipamentos adquiridos por meio de dispensas emergenciais. Na ocasião, os auditores conferiram o recebimento, o tipo e a marca de cinco ventiladores e 111 monitores multiparamétricos pelo Hospital Provisório do Recife 1 (Unidade Aurora) e de 10 ventiladores para o Hospital Recife 3, localizado no bairro da Imbiribeira.

Na terça-feira (30), técnicos voltaram à unidade de saúde da Imbiribeira e estiveram no Hospital Recife 2, localizado no bairro dos Coelhos, para verificar o sistema utilizado para o controle do almoxarifado no que diz respeito ao recebimento, armazenamento e atesto de materiais, bem como o recebimento de 10 ventiladores pulmonares pela unidade.

As visitas servirão para subsidiar duas Auditorias Especiais (Processos TC nº 20100065-9 e nº 20100061-1) que avaliam as aquisições emergenciais.

Durante as inspeções, os técnicos do TCE foram acompanhados pelo assessor do Secretário de Saúde do Recife, Leonardo Gomes, e pelas equipes de cada hospital.

Infraestrutura - Outras vistorias foram realizadas nos últimos dias 12, 22, 25 e 26 de junho pela equipe técnica do Núcleo de Engenharia do Tribunal (NEG), para avaliar a infraestrutura do hospital de campanha da Maternidade Brites de Albuquerque, de responsabilidade do governo do Estado, e das unidades provisórias da prefeitura do Recife, instaladas nos terrenos da Policlínica Amaury Coutinho, do Hospital da Mulher e das Maternidades Prof. Barros Lima e Prof. Arnaldo Marques.

Na ocasião, os auditores do NEG contaram com o uso de drones para captar imagens externas dos locais e realizaram o confronto entre o que foi contratado e o que foi efetivamente executado, avaliando, inclusive, se os materiais e equipamentos empregados estavam de acordo com as especificações dos projetos e respectivas planilhas orçamentárias, tanto qualitativa como quantitativamente.

Eles foram acompanhados por gestores das unidades de saúde, tanto na estadual quanto nas municipais, e representantes da prefeitura do Recife e da empresa de consultoria contratada nas municipais.

As visitas aos hospitais de campanha instalados na Região Metropolitana do Recife para atender pacientes com Covid-19 vêm sendo feitas pelo Tribunal de Contas desde o início da pandemia.

As equipes de fiscalização acompanharam a instalação de alguns destes centros de atendimento e seguem verificando, dentre outros, a disponibilidade de leitos ativos de enfermaria e de UTI, o número de profissionais de saúde envolvidos, o uso de equipamentos de proteção individual e a quantidade de respiradores e monitores em cada uma das unidades de saúde.

Com informações do site da TCE-PE