Candidatura de Marília e de Túlio podem aglutinar frente de esquerda no Recife, diz Ivan Moraes do PSOL

O vereador do Recife pelo PSOL, Ivan Moraes, afirmou, nesta sexta-feira, 3, que vê a candidatura da deputada federal Marília Arraes (PT) e do deputado federal Túlio Gadelha (PDT) como possibilidades interessantes para se aglutinar uma frente de esquerda. “Agora, a tática especifica, se essa frente teria uma duas ou três candidaturas, eu acho que ainda um pouco cedo para gente definir”, completa o paramentar. A declaração foi dada após o PSOL soltar uma nota defendendo uma alternativa de esquerda para enfrentar o PSB e aliados de Bolsonaro nas eleições do Recife.

"Eu acho que ainda um pouco cedo para gente definir, mas acho muito importante a possibilidade de um deslocamento do grupo liderado por Marília do PT, assim como do grupo liderado por Túlio do PDT. Se esses dois partidos conseguem se deslocar do grupo que hoje governa a cidade", declarou o parlamentar.

Ivan diz que PSOL pode conversar com o PT e PDT se eles estiverem dispostos a sair da gestão PSB. No entanto, o vereador defendeu que o PSOL tem como tarefa histórica de liderar o movimento de oposição a esquerda. Durante a entrevista, o vereador ainda citou o programa Recife Arretado do partido que poderá definir a candidatura própria capitaneado ou Paulo Rubem Santiago ou por Severino Alves. "São os dois pré-candidatos que hoje estão colocados", disse Ivan.