Carlos Veras atua para impedir privatização dos Correios

Divulgação

O deputado federal Carlos Veras (PT/PE) assinou proposta que suspende os efeitos do Decreto nº 10.674 publicado nesta quarta-feira 14, que inclui os Correios no Programa Nacional de Desestatização (PND), abrindo caminhos para a privatização da estatal. O Projeto de Decreto Legislativo 163/2021, de autoria do líder do PT na Câmara, sustenta que como se trata de quebra de monopólio o assunto, como prevê a Constituição Federal, deve passar antes pelo Congresso Nacional.

Para Carlos Veras, defender os Correios 100% público é questão de soberania nacional. “A privatização dos Correios representa demissão de trabalhadoras e trabalhadores, retiradas de direitos, aumento das taxas dos serviços ao consumidor, principalmente àqueles que moram nas periferias e nas zonas rurais. Os Correios também ajudam na distribuição de vacinas e de livros didáticos às escolas públicas de todo o Brasil, função que nenhuma empresa privada desempenhará sem lucro”, justifica o parlamentar.

Ainda de acordo com o PDL, a inclusão dos Correios no Programa Nacional de Desestatização, por meio de decreto, viola frontalmente a Constituição Federal, uma vez que a manutenção do serviço postal compete exclusivamente à União.

Veja também

Covid-19: Brasil registra pouco mais de 67 mil casos e 2.087 óbitos neste sábado (15)
Pandemia

Covid-19: Brasil registra pouco mais de 67 mil casos e 2.087 óbitos neste sábado (15)

Djokovic e Nadal decidem o Torneio de Roma neste domingo (16)
Tênis

Djokovic e Nadal decidem o Torneio de Roma neste domingo (16)