Centrais sindicais realizam mobilização contra a reforma administrativa do Governo Federal

Leo Motta/Folha de Pernambuco

As centrais sindicais de Pernambuco vão promover uma mobilização contra a reforma administrativa proposta pelo Governo Federal, na próxima quarta-feira (30), em ato simbólico, a partir das 9h, na Avenida Guararapes, com Rua do Sol (ao lado da agência Central dos Correios),no Centro do Recife.  

Participam da mobilização a CUT, CTB, CSP Conlutas, UGT, Intersindical, e as Frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo. As centrais criticam a alteração do artigo 37 da Constituição Federal e dizem que as mudanças promovem o desmonte das carreiras e do serviço público como um todo. Segundo os manifestantes, a proposta de reforma administrativa do governo "prevê o fim da estabilidade dos servidores, que passarão a ser indicados pelos políticos de plantão e estarão obrigados a obedecer a todas as suas ordens por medo de demissão, o que poderá promover uma onda de corrupção no serviço público brasileiro". Outro ponto criticado pelas centrais é a autorização para o presidente a extinguir órgãos prevista na proposta. 

Manifestações e vários atos públicos (paralisações, carreatas, mobilizações em redes sociais, atos nos locais de trabalho, etc) acontecem em todo o Brasil. Medidas de segurança como equipamento de proteção e distanciamento serão tomadas, respeitando os protocolos de prevenção imposto pela pandemia da Covid-19.