Confira as palavras mais citadas pelos candidatos a prefeito do Recife em seus programas de governo

Um dos instrumentos mais importantes da corrida eleitoral, o programa de governo é uma peça fundamental do processo democrático. É nele que os candidatos informam suas principais ideias e propostas para administrar a cidade. A apresentação da proposição tem caráter obrigatório e está na lista de documentos que o candidato precisa enviar à Justiça Eleitoral. Por meio da proposta, os eleitores podem entender as pautas prioritárias dos candidatos e também usá-las para fiscalizar e cobrar o político caso ele seja eleito. 

Confira quais foram as palavras mais citadas pelos candidatos a prefeito do Recife em seus programas de governo.

Alberto Feitosa (PSC)
O programa Recife Verde e Amarelo do candidato Alberto Feitosa traz a palavra "Vamos" como a mais citada, com 74 menções. Com um projeto de alinhamento com o presidente Jair Bolsonaro, o termo Governo Federal também conta com nove citações ao longo da poposta, mas o nome do chefe do Executivo não tem uma citação direta. Segurança, uma das áreas priorizadas pelo postulante, também aparece com frequência, por meio de 21 menções.

Carlos Andrade Lima (PSL)
Com a missão de ser a vitrine do PSL na disputa majoritária pela Prefeitura do Recife, o programa de Carlos Andrade Lima segue a linha liberal, com a palavra "promover" como a mais citada - são 36 menções. Em seguida, figuram as palavras Recife (25 vezes), programa (21) e gestão (19).

Charbel Maroun (Novo)
Também com uma linha liberal no seu programa de governo, Charbel Maroun tem a palavra Recife como a mais citada do seu programa, são 75 menções. Em seguida, aparecem as palavras cidade (25), população (19) e trânsito (16). 

Claudia Ribeiro (PSTU)
A candidata do PSTU tem a palavra "governo" como a mais citada do seu programa. Em seguida, vem o termo "saúde" (13 menções), trabalhadores (13), cidade (12) e público (11).


João Campos (PSB)
Com a missão de dar continuidade ao projeto da Frente Popular do Recife, o programa de João Campos traz a palavra "cidade" (36 menções) como a mais citada e a segunda é o termo "gestão" (25). Termos ligados à área social também figuram com destaque: oportunidades tem 13 menções, ações conta com 12 e população e social possuem 11.

Marco Aurélio (PRTB) 
Disputando sua primeira eleição majoritária, o programa de governo de Marco Aurélio traz como termo mais citado a palavra cidade. Em seguida, aparecem referências aos termos população, profissionais e saúde. O candidato não faz menção direta ao presidente Jair Bolsonaro ou ao vice Hamilton Mourão (PRTB), mesmo com a tentativa de associação aos líderes em sua campanha de rua.


Marília Arraes (PT)
O projeto de Marília Arraes visa levar o Partido dos Trabalhadores, novamente, ao comando do Palácio do Capibaribe. Seu programa também apresenta palavras mais ligadas à representatividade social, políticas públicas e direitos. O termo mais citado é políticas (com 22 menções), em seguida aparecem direitos e governo (com 19 referências ambas) e população (17). Outra menções de destaque são as palavras democracia, acesso, participação e desigualdades, reforçando, mais uma vez, o cunho social. Há 10 menções à palavra pandemia. O ex-presidente Lula tem duas citações e Bolsonaro tem uma.


Mendonça Filho (DEM)
A palavra Recife é a mais citada do programa de governo do candidato Mendonça Filho, com 127 menções. Outros termos que ganham destaque são população (38) e gestão (36). Outras palavras em destaque são prefeitura e público. As áreas que aparecem com mais frequência no texto são social (27 menções) e saúde (25). Outro ponto frequente são os nomes do próprio Mendonça e sua vice Priscila Krause (DEM), que possuem, respectivamente, 31 e 27 menções no texto. A experiência das lideranças políticas é vista como um trunfo da chapa para atrair o eleitorado. A palavra coronavírus tem 12 menções. Lideranças políticas como Bolsonaro e Geraldo tem, respectivamente, duas e uma menção no programa.

Patrícia Domingos (Podemos)
Com um projeto voltado para a eficiência e moralidade da máquina pública, o termo "gestão" é o mais citado no progama de governo da candidata. Em seguida, a palavra secretaria é a segunda mais mencionada, com 15 referências. Isso porque a candidata tem a pretensão de enxugar 20% das pastas e traz o modelo do seu secretariado no corpo do programa. Destaque também para as palavras Já (11 menções) e mudança (10). Os termos são justamente o mote da campanha da delegada.

Thiago Santos (UP)
O candidato da União Popular traz a palavra saúde como a mais citada do seu programa de governo, com 39 menções. Em seguida, aparecem os termos população (37) e cidade (35). O coronavírus tem 12 citações.

Victor Assis (PCO) 
Com as bandeiras do "Fora Bolsonaro" e pela candidatura do presidente Lula em 2022, a campanha do Partido da Causa Operária (PCO) traz como mais citadas as palavras luta (58), eleição (57) e contra (56).