A-A+

Danilo Cabral destaca legado de Paulo Freire

Cabral afirmou que o legado de Paulo Freire permanecerá para a eternidade. - Cleia Viana/ Câmara dos Deputados

A Câmara dos Deputados realizou, nesta segunda-feira (20), o seminário “100 anos de Paulo Freire, o Patrono da Educação Brasileira”, em homenagem ao centenário do grande educador. Na abertura, as obras e a vida de Paulo Freire foram lembradas e celebradas pelos presentes. O líder do PSB na Câmara e um dos proponentes da homenagem, deputado Danilo Cabral, afirmou que o legado de Paulo Freire permanecerá para a eternidade. “Não apenas seu inquestionável legado acadêmico, mas sua práxis como educador e sua militância para transformação da sociedade, que seguem inspirando a todos que lutam por uma sociedade justa e democrática.” 

De acordo com o socialista, a proposta de associar o aprendizado da escrita e da leitura pelos mais pobres à conscientização de suas condições de submissão e passividade diante do mundo, foi marca do processo educativo preconizado por Paulo Freire, com o desenvolvimento da consciência crítica do educando, de forma que se reconheça como sujeito participando de sua história. “Freire defendia a educação como um processo dialético, em que educador e educando, a partir de suas experiências, aprendem conjuntamente e a partir disso produzem novos conhecimentos. Em um país que a educação ainda é profundamente desigual e formadora de privilégio, forjar uma educação pública democrática, que forme um pensamento crítico e sujeitos conscientes é uma necessidade premente,” acrescentou. 

Para Danilo Cabral, Paulo Freire segue vivo e atual como nunca, em uma conjuntura marcada pela intolerância, por ameaças à democracia e por ataques aos direitos dos trabalhadores e o aumento da pobreza. “É necessário reafirmar sua obra. Não é à toa a obsessão da ultra direita, encarnada pelo bolsonarismo, contra Paulo Freire. Ele representa justamente a antítese da máquina desumana, ignorante e autoritária que está no poder”, disse.

O evento acontece conjuntamente entre as comissões de Educação, de Cultura, de Legislação Participativa e de Direitos Humanos e Minorias.  Após a abertura, o seminário terá três mesas de debate. A primeira, mediada pelo deputado Danilo Cabral, trata do testemunho de educador e gestor. A segunda, mediada pela deputada Lídice da Mata (PSB-NA), será sobre Paulo Freire Educador. A última mesa de debates, mediada pela deputada Marília Arraes (PT-PE) falará sobre a atualidade do pensamento de Paulo Freire.

Veja também

Ninguém acerta a Mega-Sena e prêmio acumula em R$ 40 milhões
Loterias

Ninguém acerta a Mega-Sena e prêmio acumula em R$ 40 milhões

Doria acusa Leite de estar reclamando e chorando sobre suspeita em prévias do PSDB
Prévias

Doria acusa Leite de estar reclamando e chorando sobre suspeita em prévias do PSDB