Deputado quer classificar igrejas como serviço essencial para afastar restrições da pandemia

Rafael Furtado/Folha de Pernambuco

O deputado Estadual Pastor Cleiton Collins (PP) deu entrada, na Assembleia Legislativa de Pernambuco (ALEPE), em um Projeto de Lei que classifica a Igreja como serviço essencial no Estado. O PL está em tramitação nas comissões da Casa legislativa. Nesta sexta-feira (26), o Governo do Estado decretou o fechamento de todos os serviços não essenciais das 22h até 5h.

Para o autor, as Igrejas têm um papel importante na sociedade. “Ela sempre atuou em todos os momentos da vida das famílias e principalmente agora no tempo da calamidade. É ela que está ali também como o pronto socorro da alma, da mente, onde muitas pessoas estão instáveis, entrando em depressão. O papel da Igreja neste tempo de pandemia é muito importante e não pode parar. Ela deve estar junto com todos os serviços essenciais trabalhando como um hospital da alma. É o momento do acolhimento, da fé, das orações, de levar as pessoas a se tranquilizarem também, pois isso é remédio. E ela não pode fechar nesse momento”, finalizou Collins. 

O Governo do Estado decretou toque de recolher em todos os municípios do Estado em decorrência do aumento de casos da Covid-19.

Veja também

Reino Unido promete impor dificuldades à realização da Superliga
Futebol Internacional

Reino Unido promete impor dificuldades à realização da Superliga

TCE-PE e MPCO orientam prefeitos sobre retorno seguro às aulas
Blog da Folha

TCE-PE e MPCO orientam prefeitos sobre retorno seguro às aulas