Deputado Raul Henry diz que PEC da Imunidade foi derrotada pela força da opinião pública

Divulgação

O deputado federal Raul Henry (MDB) avaliou que a chamada PEC da Imunidade foi derrotada pela força da opinião pública. Sem consenso entre os partidos e para evitar uma derrota, o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), desistiu nesta sexta-feira (26) de votar no plenário a PEC da Imunidade e decidiu enviá-la para discussão em uma comissão especial a ser criada, que é o rito de praxe.

"A Câmara acaba de desistir de votar a PEC que ficou popularmente conhecida como PEC da impunidade. Tentaram atropelar todos os procedimentos de discussão, mas foram derrotados pela força da opinião pública.", avaliou.

Na avaliação do parlamentar, a matéria entrou em pauta em um momento inoportuno. "Nada mais incorreto do que tratar de um tema como esse diante de tantas prioridades nacionais como as que temos: a pandemia ameaçando sair de controle, a população mais pobre desamparada pela falta do auxílio emergencial e as taxas de desemprego batendo recordes. Mesmo com tantas adversidades, hoje podemos registrar uma vitória da sociedade brasileira!", comemorou.

 

Veja também

Em dois anos Brasil apreende 114 milhões de maços de cigarro oriundo de contrabando
Fiscalização

Em dois anos Brasil apreende 114 milhões de maços de cigarro oriundo de contrabando

Ministério da Ciência e Tecnologia destina R$ 2 milhões da Covid a laboratório sem relação com a doe
Contas

Ministério da Ciência e Tecnologia destina R$ 2 milhões da Covid a laboratório sem relação com a doe