Fernando Rodolfo promete relatório técnico e sem paixão política sobre Daniel Silveira

Site da Câmara Federal

O deputado federal Fernando Rodolfo (PL) foi escolhido como relator no Conselho de Ética da Câmara do processo relacionado a Daniel Silveira (PSL-RJ), parlamentar preso por ameaçar a integridade física de ministros do Supremo Tribunal Federal e defender o AI-5. Cabe ao Conselho determinar a punição do deputado, que pode ter o seu mandato cassado. Fernando Rodolfo foi um dos 364 parlamentares que votou a favor da manutenção da prisão de Daniel, na última na sexta-feira, no plenário da Câmara dos Deputados. Ele frisa, no entanto, que para a sua análise no Conselho ainda não tem opinião formada.

“Vou construir um relatório técnico, sem paixão política, com serenidade e com equilíbrio. Fazendo o que é habitual aqui, que é o diálogo com as lideranças para chegar a uma decisão”, enfatizou o deputado.  O parlamentar do PL explicou que notificará o deputado Daniel Silveira para apresentação da defesa dentro do prazo de dez dias úteis. Depois disso, são 40 dias úteis para a instrução do processo com escuta de testemunhas. Em seguida, serão mais 10 dias para a apresentação do relatório.

“O tempo é razoável. Temos 60 dias para tomar uma decisão, vamos construir ouvindo o deputado que está preso, ouvindo testemunhas que ele venha a arrolar, além de consultores, técnicos e juristas”, sublinhou Fernando Rodolfo, escolhido para relatoria do cargo pelo presidente do Conselho de Ética, Juscelino Filho (DEM/MA), dentro de uma lista tríplice.

Veja também

Cinco pessoas esfaqueadas em ataque em mesquita na capital da Albânia; agressor foi preso
Europa

Cinco pessoas esfaqueadas em ataque em mesquita na capital da Albânia; agressor foi preso

Israel compra mais milhões de doses da vacina da Pfizer
Vacina

Israel compra mais milhões de doses da vacina da Pfizer