Gleide Ângelo propõe um mês inteiro dedicado a defesa das mulheres

Divulgação

Deputada estadual, a Delegada Gleide Ângelo (PSB) apresentou projeto de lei a fim de instaurar o mês Março Mulher, quando serão enfatizadas ações, eventos e campanhas em defesa dos direitos das mulheres assim como para o enfrentamento a todas as formas de discriminação de gênero. Desta maneira, a proposta pretende informar, em nível estadual, sobre os direitos e ações políticas assegurados às mulheres pela legislação, além de debater e educar a respeito das causas e formas de enfrentamento à discriminação entre homens e mulheres.

“Apesar de o mês de março já ser dedicado à defesa dos direitos das mulheres, é fundamental a fixação destas pautas no calendário oficial do Estado. Afinal, construir uma sociedade mais igualitária e combater o preconceito de gênero é um trabalho que envolve o estado, os municípios e a sociedade como um todo. As mulheres precisam contar com meios para enfrentar e se reestruturarem frente às inúmeras violências vivenciadas cotidianamente. E compete a nós lutarmos pela desconstrução de tradições e pensamentos machistas e antiquados”, declara a parlamentar, que também lembra que o conhecimento e a educação são ferramentas essenciais para a prática da democracia, da liberdade e da igualdade.

Veja também

Kirchner e Lula defendem renovação da política e reconstrução da unidade latino-americana
Política

Kirchner e Lula defendem renovação da política e reconstrução da unidade latino-americana

Fachin proíbe PF de qualquer ato de investigação a partir da delação de Sérgio Cabral

Fachin proíbe PF de qualquer ato de investigação a partir da delação de Sérgio Cabral