Governador apara as arestas com o PP

O deputado federal e presidente do PP-PE, Eduardo da Fonte, foi recebido pelo governador Paulo Câmara (PSB) na tarde de ontem. O tema do encontro foi a negociação por espaços do partido nas gestões socialistas estaduais e municipais. O encontro serviu para aparar as arestas entre os políticos e aconteceu no Palácio das Princesas. Em declarações recentes à imprensa, o progressista externou insatisfação com os espaços oferecidos ao PP. 

Com a possibilidade de desembarque do PT da Frente Popular, a Secretaria de Desenvolvimento Agrário, comandada por Dilson Peixoto (PT), precisará de um novo titular. E a expectativa dos progressistas é que essa compensação a nível estadual diminua o descontentamento da sua base. 

Em reserva, uma fonte do Palácio afirmou que a reunião que estava prevista para acontecer às 17h começou mais cedo e foi considerada "amistosa". "A previsão é que ainda nesta semana aconteça uma nova reunião. A expectativa é pela permanência do PP na aliança. O PP tem interesse em ganhar mais espaço na gestão de João Campos e também pleiteia a Secretaria de Agricultura", disse. 

O deputado estadual Clóvis Paiva, líder do PP na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), afirmou que apenas o Governador Paulo Câmara (PSB), o secretário da Casa Civil José Neto e o presidente do PP de Pernambuco, Eduardo da Fonte, estiveram presentes no encontro. "Aparentemente se chegou a um entendimento. A expectativa é que nesta semana tudo esteja resolvido", contou. 

Além do PP, o presidente estadual do PDT, deputado Wolney Queiroz, já admitiu que sua legenda também tem interesse na secretaria de Desenvolvimento Agrário de Pernambuco.

Veja também

Fiocruz negocia mais 15 milhões de doses de vacina da AstraZeneca
Coronavírus

Fiocruz negocia mais 15 milhões de doses de vacina da AstraZeneca

EUA supera 25 milhões de casos de Covid-19
Coronavírus

EUA supera 25 milhões de casos de Covid-19