Guia eleitoral do Recife traz estratégias distintas em busca do voto dos indecisos

Andréa Rego Barros/divulgação/PCR

Buscando atrair os votos dos indecisos, os candidatos à Prefeitura do Recife, João Campos (PSB) e Marília Arraes (PT) adotaram, ontem, estratégias diferentes em seus guias para vencer as eleições, mas sem deixar de lado as alfinetadas. Enquanto a petista apresentou um programa mais propositivo, o socialista, além de associar o seu projeto a um futuro melhor, apostou nas críticas aos governos do PT na cidade e à adversária.

Marília começou o guia falando dos estabelecimentos fechados e dos desempregados por conta da pandemia do coronavírus, numa crítica à atual situação da cidade. Na ocasião, apresentou como pretende contornar o problema caso seja eleita com a criação do Programa Retomada, um crédito popular que a Prefeitura pagará metade do empréstimo e a outra parte o trabalhador vai pagar em 24 vezes sem juros.

O guia de Marília também contou com depoimento do ex-presidente Lula. Ele afirmou que para governar é preciso buscar um equilíbrio para retomada econômica, mas sobretudo o combate à desigualdade. "Marília é mãe e também é a única mulher deputada federal de Pernambuco. Para governar uma cidade como o Recife é preciso ter sensibilidade e coragem", disse Lula. 

Críticas às gestões de Marília como secretária do Recife, vereadora e deputada foram o ponta pé inicial do guia de João Campos. O programa de João mostrou também obras e ações da atual gestão do PSB, como o Hospital da Mulher.  "A curiosidade, ela faz parte da minha personalidade. Isso eu acho que é importantíssimo para um gestor público", disse o candidato. Construção de creches e empregabilidade dos jovens também foram alvos do guia. João voltou a contar na propaganda eleitoral com a participação do presidenciável Ciro Gomes (PDT) que comparou a sua trajetória com a de João.  

"Fui eleito prefeito de Fortaleza muito jovem e consegui com muito trabalho ser o prefeito da capital mais bem avaliado do Brasil. E olha que o João já tem, a essa altura, muito mais experiência do que eu tinha na época", disse Ciro, finalizando com alfinetadas ao partido da adversária. 

Veja também

Fiocruz negocia mais 15 milhões de doses de vacina da AstraZeneca
Coronavírus

Fiocruz negocia mais 15 milhões de doses de vacina da AstraZeneca

EUA supera 25 milhões de casos de Covid-19
Coronavírus

EUA supera 25 milhões de casos de Covid-19