Jair Bolsonaro desautoriza Mourão por declaração sobre Ucrânia

Em live, Bolsonaro falou sobre o assunto - Reprodução Facebook

O presidente Jair Bolsonaro (PL) desautorizou publicamente a fala do seu vice Hamilton Mourão (PRTB) condenando a guerra na Ucrânia. Mais cedo, o general havia afirmado que o Brasil não concordava com a invasão da Rússia à Ucrânia. Até aquele momento, o chefe do Executivo ainda não havia se pronunciado sobre o tema.

Em transmissão ao vivo por redes sociais, Bolsonaro exibiu cópia de uma reportagem que reproduzia declaração do vice-presidente: "Brasil não concorda com a invasão do território ucraniano”.

Sem mencionar o nome de Mourão, Bolsonaro disse que não é competência do vice falar sobre esse assunto. "Deixar bem claro: o artigo 84 diz que quem fala sobre esse assunto é o presidente. E o presidente chama-se Jair Messias Bolsonaro. E ponto final. Com todo respeito a essa pessoa que falou isso - e falou mesmo, eu vi as imagens - está falando algo que não deve. Não é de competência dela. É de competência nossa", declarou.

 

Pronunciamento do Presidente Jair Bolsonaro- 24/02/2022

Posted by Jair Messias Bolsonaro on Thursday, February 24, 2022

 

Veja também

Aberta inscrição para a 3A Mostra Nacional CineMarias
CINEMA NACIONAL

Aberta inscrição para a 3A Mostra Nacional CineMarias

Justiça francesa condena filho de líder histórico do ETA, mas o isenta de cumprir pena
frança

Justiça francesa condena filho de líder histórico do ETA, mas o isenta de cumprir pena

Newsletter